PUBLICIDADE
Esportes

Lateral Dudu aponta Figueirense confiante para sequência da Série B

Após duas semanas sem jogar, o Figueirense retomou os trabalhos nesta segunda-feira visando os dois próximos duelos da Série B contra o Boa Esporte e o Internacional, ambos fora de casa. O primeiro deles acontece nesta sexta-feira e é de grande importância para a equipe que busca sair da zona do rebaixamento da Série B. [?]

19:30 | 04/09/2017

Após duas semanas sem jogar, o Figueirense retomou os trabalhos nesta segunda-feira visando os dois próximos duelos da Série B contra o Boa Esporte e o Internacional, ambos fora de casa. O primeiro deles acontece nesta sexta-feira e é de grande importância para a equipe que busca sair da zona do rebaixamento da Série B.

?Foram importantes as semanas de trabalho. A vitória sobre o Guarani deu um ânimo a mais, foi o empurrão que a gente precisava para sair da zona. Estamos confiantes e vamos assim para cima do Boa Esporte e tentar os três pontos?, ressaltou o lateral direito Dudu.

O jogador ainda disse que o time não pode deixar escapar a oportunidade de deixar o Z-4: ?A gente fala que cada jogo é uma batalha. A gente pensa jogo a jogo. Agora esse jogo do Boa Esporte, a gente já teve a oportunidade de deixar a zona do rebaixamento outra vezes e deixamos passar. Dessa vez esperamos não deixar passar?.

Sem Pereira, suspenso, e com a volta de Zé Antônio, o Figueira deve ter poucas alterações para o jogo contra o Boa em relação à partida contra o Guarani. Além disso, esse período foi importante para que o o técnico Milton Cruz pudesse conhecer melhor o elenco, o que foi benéfico especialmente para Dudu : ?O professor Milton me deu muita liberdade para chegar à frente, sabe do meu potencial e me deu esse espaço. Tivemos a volta do pessoal do DM, deu o encaixe na equipe e esperamos que contra o Boa Esporte continue encaixado?.

Quanto ao confronto diante do Boa, o lateral apontou a marcação e a transição como principais virtudes do time adversário : ?É uma equipe muito qualificada, a marcação deles é muito boa. E eles chegam rápido ao ataque. Esperamos conseguir conter essa transição e marcar forte fora de casa. Mas também impor nosso ritmo de jogo, que foi o que a gente fez contra o Guarani. Com a bola no pé, atacar e, sem a bola, defender muito?.

 

Gazeta Esportiva

TAGS