PUBLICIDADE
Esportes

Jogo da série B atrapalha os planos para final da Copa do Brasil e Cruzeiro perde briga nos bastidores

Na expectativa de ter o time mais descansado no dia da final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, no dia 27 de setembro, no Mineirão, o Cruzeiro tentou antecipar a partida contra o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro, no dia 24. No entanto, o pedido foi negado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A resposta [?]

09:30 | 15/09/2017

Na expectativa de ter o time mais descansado no dia da final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, no dia 27 de setembro, no Mineirão, o Cruzeiro tentou antecipar a partida contra o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro, no dia 24. No entanto, o pedido foi negado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A resposta para a Raposa é que no dia 23 de setembro, ou seja, um dia antes da data oficial da partida, Goiânia receberá o duelo entre Goiás e Paysandu, pela Série B, no Serra Dourada e a Polícia Militar do estado não tem efetivo suficiente para dar segurança necessária para as duas partidas.

A diretoria celeste ainda tentou antecipar mais ainda o jogo, levando a partida para o dia 21 de setembro, na quinta-feira, no entanto, segundo a CBF, o prazo é curto entre o requerimento e a realização do confronto.

Diante das respostas da CBF, o jogo entre Atlético-GO e Cruzeiro, no Estádio Olímpico, segue com a agenda normal, no dia 24 de setembro, três diantes antes da partida mais importante da temporada até o momento. Por isso, é quase certo que o Cruzeiro entre com o time reserva, já que o próprio técnico cruzeirense, Mano Menezes, alertou que a prioridade é a Copa do Brasil.

Detalhe: o Flamengo, também finalista da Copa do Brasil, jogará no sábado, dia 23 de setembro, pelo Campeonato Brasileiro, e poderá ter o conforto de jogar no Rio de Janeiro.

Gazeta Esportiva

TAGS