PUBLICIDADE
Esportes

Dovizioso afirma que disputa contra Márquez pelo título ainda não acabou

Segundo lugar na classificação da MotoGP, Andrea Dovizioso lamentou o mau desempenho no GP de Aragón, realizado no último fim de semana, mas afirmou que a disputa pelo título ainda está aberta nesta temporada. O piloto perdeu a liderança já que terminou a corrida apenas em sétimo lugar, enquanto que Marc Márquez finalizou em primeiro [?]

12:45 | 25/09/2017

Segundo lugar na classificação da MotoGP, Andrea Dovizioso lamentou o mau desempenho no GP de Aragón, realizado no último fim de semana, mas afirmou que a disputa pelo título ainda está aberta nesta temporada. O piloto perdeu a liderança já que terminou a corrida apenas em sétimo lugar, enquanto que Marc Márquez finalizou em primeiro e começou a semana como número um do circuito.

?Com certeza não foi o melhor, perdemos pontos, mas sabemos que podemos ganhar pontos nas próximas quatro corridas. Não é um drama.Será difícil, porque Marc é muito rápido em todas as condições e em todas as pistas. Maverick Viñales também é realmente forte. Com certeza será difícil. Mas acho que temos chance e com certeza vamos tentar até o fim? afirmou o piloto italiano.

?Na entrada da curva 10 e na aceleração da curva 15, especialmente com empinadas. Nessas duas curvas eu perdi muito. Na última curva eu também perdia. E isso criou um problema, porque na corrida ninguém podia andar mais, já que todos tinham que poupar os pneus, principalmente o traseiro. Mas depois de 10 voltas, Jorge começou a andar mais forte ainda e Marc me alcançou. Assim, eu tive que usar o pneu traseiro para tentar ficar com eles. Então, meu pneu acabou muito cedo e não consegui ser rápido nas últimas 10 voltas?, ressaltou Dovizioso ao comentar sobre a estratégia utilizada durante o GP de Aragón.

?O bom deste campeonato é que a qualquer momento a realidade pode mudar. Isso é bom. Às vezes é negativo, às vezes é positivo. Então eu acho que temos a chance de lutar com certeza.?, finalizou o italiano, que tem nove vitórias em sua carreira.

O próximo GP será o do Japão, que acontecerá entre os dias 13 e 15 de outubro e será uma boa oportunidade de Dovizioso encostar de vez ou até ultrapassar Marc Marquez. O italiano está com 208 pontos, enquanto que o espanhol tem 224. Caso não consiga voltar a liderança no continente asiático, Dovi terá mais três oportunidades, na Austrália, na Malásia e em Valência, últimos GPs desta temporada de 2017.

Gazeta Esportiva

TAGS