PUBLICIDADE
Esportes

Diretor da Ferrari admite que carro não estava compatível com pista e chuva

Era para ser um domingo de glórias para a Ferrari. Comemoração de 70 anos da escuderia, disputa em casa, rodeada de fãs e contando com Sebastian Vettel na ponta do Mundial antes da largada em Monza. Entretanto, a Mercedes estragou a festa vermelha. Com dobradinha da equipe alemã no pódio, Sebastian Vettel terminou em terceiro [?]

08:15 | 04/09/2017

Era para ser um domingo de glórias para a Ferrari. Comemoração de 70 anos da escuderia, disputa em casa, rodeada de fãs e contando com Sebastian Vettel na ponta do Mundial antes da largada em Monza. Entretanto, a Mercedes estragou a festa vermelha. Com dobradinha da equipe alemã no pódio, Sebastian Vettel terminou em terceiro e perdeu a liderança. Christian Horner, diretor da Ferrari, acredita que a chuva afetou o desempenho da equipe.

?Foi um final de semana difícil em uma pista que, definitivamente, não era compatível ao nosso carro?, afirmou Horner. ?Apesar do fato de que todos no time deram seu melhor, não podemos ficar satisfeitos com este resultado?. Vettel agora é segundo colocado na classificação, três pontos atrás do novo número um, o britânico Lewis Hamilton, que soma 238 pontos.

No sábado, Vettel garantiu a oitava colocação no grid de largada. Ele, entretanto, ganhou duas posições devido às punições dos pilotos da Red Bull, por trocas na unidade de potência. ?Depois de uma qualificação longe da ideal na pista molhada, Sebastian tirou o melhor dos pilotos que estavam diretamente na sua frente na largada, para então chegar ao pódio?, ressaltou o diretor.

O finlandês Kimi Raikkonen, também da Ferrari, terminou o domingo com a quinta colocação e é o atual número cinco na luta pelo título do Mundial, com 138 pontos. ?Kimi teve mais dificuldades devido à inconsistência de seu carro?, explicou Horner. ?Vamos tentar atacar na próxima corrida, em Singapura, com os pés no chão e nossa determinação?.

Para Toto Wolff, chefe de automobilismo da Mercedes, a equipe adversária regrediu na disputa. ?Eles deram um passo para trás, de algum modo. Nós fomos muito sólidos, mas eles não tiveram a performance que todos esperavam?, ressaltou.

Apesar da pequena vantagem que Hamilton abriu frente a Vettel, o austríaco é cuidadoso e prefere esperar pelas próximas corridas. ?Ainda temos sete corridas e isso quer dizer sete vezes 25 pontos, precisamos somar mais do que eles no final?, afirmou Wolff. ?Mas é bom saber que estamos na vantagem agora, mesmo que por poucos pontos?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS