PUBLICIDADE
Esportes

Concorrente de Massa, Kubica afirma que quer voltar a ser um piloto profissional

Em meio as incertezas de quem será o companheiro de do canadense Lance Stroll na Williams na próxima temporada da Fórmula Um, Robert Kubica afirmou que vem treinando forte para voltar a ser um piloto profissional. O polonês não participa de uma corrida desde o GP de Abu Dhabi, em 2010, e é uma das possíveis [?]

13:45 | 25/09/2017

Em meio as incertezas de quem será o companheiro de do canadense Lance Stroll na Williams na próxima temporada da Fórmula Um, Robert Kubica afirmou que vem treinando forte para voltar a ser um piloto profissional. O polonês não participa de uma corrida desde o GP de Abu Dhabi, em 2010, e é uma das possíveis opções para se juntar à construtora inglesa.

?Agora estamos trabalhando em uma solução legal para o futuro, que me tornará um piloto profissional novamente. E se será na F1 ou em outras categorias, ainda não sei. No entanto, estou tentando encontrar uma solução que me permita continuar com o que começou no primeiro teste de F1, em junho.Estamos trabalhando e tentando encontrar a melhor solução para o próximo ano. Estamos fazendo isso de forma cuidadosa e calma. As pessoas que tomam essas decisões provavelmente não leem as invenções e especulações de sites. Algumas dessas invenções chegaram ao meu conhecimento, mas é parte do jogo.?, afirmou Kubica ao site polonês Przeglad Sportowy.

O piloto também falou sobre não ter escolhido pela Renault. Kubica era um dos nomes mais ventilados nos bastidores da Fórmula Um para ser o novo piloto da construtora, porém foi preterido pelo espanhol Carlos Sainz. ?A Renault escolheu Carlos Sainz para o ano que vem. Acho que toda a aventura com a Renault deve ser julgada de forma positiva. Nos últimos três meses, tive a oportunidade de estar em três testes, incluindo o último na Hungria, e tenho de ser grato?, ressaltou o polaco.

?Em primeiro lugar, tive a oportunidade de me sentar ao volante seis anos depois. Mas, mais importante ainda, estes meses foram muito produtivos para responder às dúvidas sobre minhas limitações. Eu estava pensando se eu poderia dirigir um carro de F1 e ainda ser capaz de fazê-lo direito. Todas essas questões foram positivas. Eu precisava desse estímulo na minha vida.?, finalizou o piloto.

Aposentado da Fórmula Um desde 2010, Kubica pode melhorar seu números caso realmente retorne as pistas. Em cinco anos, o piloto disputou 70 GPs, alcançou 12 pódios, duas poles positions e 241 pontos ganhos. Além disso, o polonês tem uma vitória na carreira, ao ganhar o Grande Prêmio do Canadá em 2008.

 

Gazeta Esportiva

TAGS