PUBLICIDADE
Esportes

Brasileiro é eleito presidente do Comitê Paralímpico Internacional

O brasileiro Andrew Parsons é o novo presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC). O jornalista recebeu a maioria absoluta dos votos em eleição realizada na madrugada da última quinta-feira, em Abu Dhabi, e irá substituir o britânico Philip Craven. O carioca recebeu 84 votos dos 82 necessários para vencer a eleição ainda na primeira rodada. [?]

09:30 | 08/09/2017

O brasileiro Andrew Parsons é o novo presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC). O jornalista recebeu a maioria absoluta dos votos em eleição realizada na madrugada da última quinta-feira, em Abu Dhabi, e irá substituir o britânico Philip Craven.

O carioca recebeu 84 votos dos 82 necessários para vencer a eleição ainda na primeira rodada. Parsons disputou o cargo com a chinesa Haidi Zhang, que recebeu 47 votos, o dinamarquês John Petersson, com 19, e o canadense Patrick Jarvis, 12.

Parsons irá substituir o britânico Craven, que dirigiu a organização por 16 anos, de 2001 a 2017. Antes de se candidatar à presidência, o brasileiro ocupou o cargo de vice-presidente do IPC desde 2009. Parsons, que não possui deficiência, será o terceiro presidente da história da organização.

â??Me encontro absolutamente encantando e não sei bem o que dizer. Gostaria de agradecer aos membros do IPC pela confiança. Ao longo da minha campanha, acho que expliquei o que planejo fazer como presidente e os membros entenderam e me apoiaram. Agora é hora de arregaçar as mangas e trabalhar com os membros e a nova diretoriaâ?, disse Parsons em discurso oficial.

O carioca também deve substituir Craven como membro do Comitê Olímpico Internacional (COI). Parsons comentou sobre a oportunidade de participar do comitê. Nas últimas semanas, o esporte olímpico viveu momentos conturbados, com escândalos de corrupção e investigações envolvendo os Jogos do Rio de Janeiro, em 2016.

â??Estreitar a relação com o COI será a chave. Temos algumas decisões importantes pela frente. O esporte está em um momento difícil e temos muitas coisas em comum pelas quais temos que lutar. Ã? fundamental que trabalhemos juntos e estou certo que faremos issoâ?, acrescentou o novo presidente do IPC.

Gazeta Esportiva

TAGS