PUBLICIDADE
Esportes

Benfica vence Paços de Ferreira e diminui diferença para os rivais

O Benfica recebeu o Paços de Ferreira na tarde deste sábado, no Estádio da Luz, em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Português. Pressionado pela derrota sofrida na última rodada para o Boa Vista, o time de Lisboa buscou o jogo desde o início na intenção de se redimir com a torcida. E deu [?]

18:30 | 23/09/2017

O Benfica recebeu o Paços de Ferreira na tarde deste sábado, no Estádio da Luz, em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Português. Pressionado pela derrota sofrida na última rodada para o Boa Vista, o time de Lisboa buscou o jogo desde o início na intenção de se redimir com a torcida. E deu certo. Com um gol de Cervi e outro do brasileiro Jonas, os Encarnados acabaram batendo os rivais por 2 a 0 e se recolocando nas primeiras posições da tabela ? terceiro colocado, atrás de Porto e Sporting.

Atual tetracampeão português, o Benfica luta para manter a hegemonia nacional e vem enfrentando grandes dificuldades nesta temporada por conta de alguns tropeços. Desta vez jogando em casa, os Encarnados não decepcionaram seus torcedores e, no fim, acabaram cumprindo a missão de somar três importantes pontos no Estádio da Luz.

O Benfica começou o confronto bastante agressivo. Logo aos nove minutos, em cobrança de falta de Grimaldo, os donos da casa levaram perigo à meta adversária, carimbando a trave do goleiro Felgueiras. Depois, aos 17 minutos, foi a vez do brasileiro Jonas ficar com o grito de gol entalado, também mandando na trave após finalizar de dentro da área.

A pressão benfiquista, enfim, surtiu efeito aos 21 minutos. Em boa trama ela direita, Zivkovic encontrou Cervi na entrada da área, que bateu firme para o gol, sem chances de defesa. Daí em diante os Encarnados massacraram o Paços de Ferreira, chegando a somar 13 chutes a gol contra apenas um dos rivais, além de deter 70% da posse de bola.

Já no segundo tempo o Paços de Ferreira parecia que iria dificultar a vida dos donos da casa depois de ter chegado com perigo aos dois minutos com Rui Correira, que aproveitou escanteio batido da esquerda para cabecear firme e mandar a bola um pouco acima do travessão.

A chance criada pelos visitantes, no entanto, foi a única com real situação de gol. Depois disso, a tônica do primeiro tempo se repetiu, e o Benfica foi para cima do Paços de Ferreira para tentar ampliar o placar. Aos 16 minutos, Jonas mostrou seu oportunismo ao completar para as redes após a bola sobrar em seus pés depois da cobrança de escanteio e cabeceio de Seferovic.

Nos minutos finais bastou ao Benfica apenas manter o volume de jogo, trocando passes e minando as chances de o Paços Ferreira recuperar a bola, para garantir os três pontos sem grande sufoco. Indo para 16 pontos na tabela, o Benfica se estabelece na terceira colocação, atrás do Sporting, segundo colocado com 19 pontos, e Porto, líder com 21.

 

Gazeta Esportiva

TAGS