PUBLICIDADE
Esportes

Agências de antidoping pedem banimento da Rússia para Jogos de Inverno

Dezessete agências de antidoping espalhadas pelo planeta se reuniram e confeccionaram um documento exigindo o banimento da Federação Russa dos próximos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018. que será sediada em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Dentre os países da lista, destaca-se a presença dos Estados Unidos e de Reino Unido. A exclusão se deve ao escândalo [?]

14:15 | 14/09/2017

Dezessete agências de antidoping espalhadas pelo planeta se reuniram e confeccionaram um documento exigindo o banimento da Federação Russa dos próximos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018. que será sediada em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Dentre os países da lista, destaca-se a presença dos Estados Unidos e de Reino Unido.

A exclusão se deve ao escândalo de doping de vários atletas do país sede da última edição das Olimpíadas de Inverno (Sochi-2014). No documento apresentado após o encontro ocorrido em Colorado, nos EUA, as agências declaram que a lisura do evento do ano que vem estará ameaçada caso os russos participem.

?Nós temos sérias dúvidas de que os Jogos de 2018 serão limpos por causa da investigação incompleta diante da grande evidência do uso individual de doping dos atletas russos nos Jogos de Sochi, em 2014?, afirmaram. ?O COI precisa imediatamente emitir consequências significativas. A falta de investigação rápida representa um perigo claro para os atletas limpos do mundo inteiro e que irão participar dos Jogos de Inverno de 2018?, acrescentam.

Um relatório independente feito a mando da WADA encontrou evidências de doping em diversos atletas russos. Estas dopagens seriam ainda financiadas pelo próprio governo russo. Apesar das provas, o Comitê Olímpico Internacional ainda não revelou quais serão as sanções contra o país.

 

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS