PUBLICIDADE
Esportes

Verstappen pode ser punido no grid em Monza

O piloto holandês Max Verstappen pode sofrer uma punição do grid da próxima etapa da Fórmula 1, em Monza. Depois do Grande Prêmio do último domingo, foi divulgada a informação da troca da unidade de combustão do carro antes do treino final. A mudança foi a quarta da temporada e se for necessária realizar mais [?]

14:45 | 28/08/2017

O piloto holandês Max Verstappen pode sofrer uma punição do grid da próxima etapa da Fórmula 1, em Monza. Depois do Grande Prêmio do último domingo, foi divulgada a informação da troca da unidade de combustão do carro antes do treino final. A mudança foi a quarta da temporada e se for necessária realizar mais alguma troca, o piloto sofrerá punições no grid de largada.

O carro de Verstappen está sofrendo com os problemas durante a temporada. A troca de MGU-Hs (um componente do motor) também está no seu limite, tendo já usado as quatro. Além dessas mudanças, já foram usados três turbocompressores e dois MGU-Ks. O chefe da equipe Red Bull, Christian Horner, concedeu entrevista ao Motorsport.com e lamentou que as resoluções dos problemas estejam fora do seu alcance. ?Posso entender a frustração, mas a maioria dos problemas que o carro está apresentando estão fora do nosso controle?, disse o chefe da escuderia.

Horner ainda entende que uma punição para Verstappen é cada vez mais inevitável. ?Ele deve sofrer muitas penalidades em Monza e isso é muito frustrante. Nossos parceiros pediram desculpas e estão conscientes de que o produto oferecido por eles não tem a qualidade que deveria?, analisou.

A saída da corrida do último domingo, durante o GP da Bélgica, foi o sexto abandono do piloto holandês na temporada e a diferença de pontos para seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo, é de 65 pontos. Esse ?azar? com o carro de Verstappen foi muito lamentado por Christian Horner. ?Não sabemos o que acontece nos bastidores, mas a Renault sempre nos forneceu equipamentos iguais a ambos os pilotos. É uma má sorte que as falhas estarem acontecendo de um só lado da garagem?, afirmou Horner.

Apesar do momento ruim, o chefe da Red Bull está esperançoso de que as coisas possam começar a melhorar. ?Você sempre vive com esperança. Nos espelhamos na Ferrari, que conseguiu agir melhor. Em 2014 estavam pior que a Renault e, ao investir nas áreas certas, trazendo as pessoas certas, eles se colocaram em uma posição competitiva?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS