PUBLICIDADE
Esportes

Thyago Viera se torna o quarto brasileiro a jogar na MLB

O ano de 2017 começa bom para o beisebol brasileiro. Após cinco brasileiros assinarem contrato com equipes profissionais ? sendo o principal deles Eric Pardinho, primeiro brasileiro a sair do país com um bônus de assinatura de US$ 1,4 milhão (aproximadamente R$ 4,5 milhões) ?, o arremessador Thyago Vieira foi promovido pelo Seattle Mariners e [?]

14:40 | 15/08/2017

O ano de 2017 começa bom para o beisebol brasileiro. Após cinco brasileiros assinarem contrato com equipes profissionais ? sendo o principal deles Eric Pardinho, primeiro brasileiro a sair do país com um bônus de assinatura de US$ 1,4 milhão (aproximadamente R$ 4,5 milhões) ?, o arremessador Thyago Vieira foi promovido pelo Seattle Mariners e ele fez sua estreia na Major League Baseball, principal liga de beisebol do mundo, na noite da segunda-feira.

Com isso, ele se tornou o quarto brasileiro a jogar na MLB. Ele se juntou a André Rienzo, Paulo Orlando e Yan Gomes. Enquanto os dois primeiros estão lesionados, o terceiro joga no Cleveland Indians, que lidera a Divisão Central da Liga Americano e deve ir para a pós-temporada.

Na derrota por 11 a 3 para o Baltimore Orioles, o jogador de 24 anos arremessou uma entrada perfeita, conseguindo um strikeout. Além disso, Thyago Vieira se destacou por mostrar muito reflexo em uma rebatida de Chris Davis, conseguir pegar a bola, que ia em direção à sua cara, e realizar a eliminação. Veja o lance:

A temporada vem sendo muito boa para Vieira, que iniciou o ano participando do Spring Training ? espécie de pré-temporada ? dos Mariners. Depois da pré-temporada, o jovem arremessador iniciou a temporada nas ligas menores, espécie de categoria de base, e rapidamente subiu de nível. Um de seus grandes momentos foi quando ele foi chamado para o jogo das estrelas das categorias de base. E seu último passo foi ser promovido para a equipe principal na segunda.

Thyago Vieira, que foi contratado em 2010 pelo Washington Nationals, já defendeu a Seleção Brasileira em duas grandes oportunidades: uma na primeira participação na Copa do Mundo (World Baseball Classic) da modalidade em 2013 e, depois, em 2016, na classificatória para o Mundial. Destro, o jogador de 24 anos tem características de arremessadores que entram no decorrer de jogo por causa de sua potência. Sua bola rápida chega a 100 mph, aproximadamente 160 km/h.

Gazeta Esportiva

TAGS