PUBLICIDADE
Esportes

Hamilton afirma que Ferrari vem cedendo menos pontos do que Mercedes

A Fórmula 1 entrou em seu período de férias após o GP da Hungria e o Mundial de Pilotos tem o alemão Sebastian Vettel como líder com 14 pontos a mais do que Lewis Hamilton. Apesar dos dois pilotos terem vencido o mesmo número de corridas, o britânico enfrentou mais dificuldades e ele acredita que [?]

10:24 | 08/08/2017

A Fórmula 1 entrou em seu período de férias após o GP da Hungria e o Mundial de Pilotos tem o alemão Sebastian Vettel como líder com 14 pontos a mais do que Lewis Hamilton. Apesar dos dois pilotos terem vencido o mesmo número de corridas, o britânico enfrentou mais dificuldades e ele acredita que a Mercedes vem perdendo pontos bobos, algo que a Ferrari não está fazendo.

?Deixamos de conquistar muitos pontos até agora, creio que a Ferrari cedeu menos (pontos) enquanto equipe. Mas esperamos não desperdiçar mais pontos daqui para a frente?, afirmou Hamilton, que não fez previsões para a continuação da temporada.

?Não sei (se continuaremos atrás da equipe italiana na classificação), porque estávamos atrás das Ferraris na Hungria e não faço ideia se isso vai seguir assim na próxima corrida?, declarou. ?Não sei se eles tiveram uma atualização, o tempo irá dizer o que vai acontecer. Espero que quando cheguemos a circuitos como Spa-Francorchamps seja mais como Silverstone (GP que teve o piloto de 32 anos como vencedor)?.

Além disso, Lewis Hamilton vê com bons olhos o pouco mais de um mês de paralisação na Fórmula 1. Para ele, esse período será importante para a escuderia recarregar suas forças para a reta final da temporada de 2017.

?Sem dúvida, as férias vieram em boa hora. Eu diria que tem sido muito duro ? fisicamente, mentalmente e emocionalmente ? para todos na equipe. Mas só posso falar por mim e tem sido uma temporada difícil até agora?, afirmou.

?Estas férias serão boas para todos passarem um tempo com as famílias e fazerem o que quiserem, recarregando as energias e voltando renovados. Acredito totalmente que temos a capacidade de vencer este campeonato, mas precisaremos de 100% do esforço de todos para conseguir. Posso encorajar meu time a voltar mais forte e tentarei fazer o mesmo?, completou tricampeão mundial.

Gazeta Esportiva

TAGS