PUBLICIDADE
Esportes

Andy Murray anuncia que não disputará o Masters 1000 de Cincinnati

Andy Murray, atual número 1 do mundo, anunciou que não irá participar do Masters 1000 de Cincinnati. O atleta britânico, que foi vice-campeão do torneio americano em 2016, também não disputou o Masters 1000 de Montreal. ?Infelizmente eu não vou jogar em Cincinnati, sempre gostei de jogar lá, mas seguirei com minha recuperação. Espero voltar [?]

15:50 | 09/08/2017

Andy Murray, atual número 1 do mundo, anunciou que não irá participar do Masters 1000 de Cincinnati. O atleta britânico, que foi vice-campeão do torneio americano em 2016, também não disputou o Masters 1000 de Montreal.

?Infelizmente eu não vou jogar em Cincinnati, sempre gostei de jogar lá, mas seguirei com minha recuperação. Espero voltar no próximo ano?, afirmou o jogador de 30 anos, que está tentando superar uma lesão no quadril.

Por causa da desistência, Andy Murray irá perder a liderança para o espanhol Rafael Nadal ou para o suíço Roger Federer. Além disso, ele não conseguirá chegar a 43 semanas como líder do ranking da ATP e não passará o brasileiro Gustavo Kuerten, o Guga, no quesito.

O russo Daniil Medvedev foi o grande beneficiado com a notícia desta quarta-feira, já que ele garantiu vaga no Masters 1000 de Cincinnati. Caso Murray também desista do Aberto dos Estados Unidos, o que não é esperado, o brasileiro Thiago Monteiro entrará na chave principal, já que ele é o primeiro na lista de espera do torneio disputado em solo nova-iorquino.

Gazeta Esportiva

TAGS