PUBLICIDADE
Esportes

Algoz de Federer, Zverev tem números próximos aos do suíço no início da carreira

O Masters 1000 de Montreal conheceu seu grande campeão de 2017 no último domingo. O jovem Alexander Zverev derrotou o veterano Roger Federer em dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 6/4. Mesmo sendo muito cedo para qualquer tipo de comparação, o alemão vem chamando a atenção e já é considerado um dos [?]

18:45 | 14/08/2017

O Masters 1000 de Montreal conheceu seu grande campeão de 2017 no último domingo. O jovem Alexander Zverev derrotou o veterano Roger Federer em dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 6/4. Mesmo sendo muito cedo para qualquer tipo de comparação, o alemão vem chamando a atenção e já é considerado um dos grandes nomes da nova geração do tênis. E não é para menos: com apenas 20 anos, o ?baixinho? de 1 metro e 98, também chamado de Sascha, soma seis títulos e já é o número sete do mundo.

Mas e Federer com a mesma idade? Ao se comparar o desempenho de Zverev, até agora, com o do suíço no mesmo período de sua carreira, surgem alguns pontos interessantes.

Federer entrou para o circuito profissional em 1998, disputando o torneio de Gstaad com 16 anos e 11 meses. Com alguns meses de diferença, Zverev participou de sua primeira competição em 2013, em Hamburgo, com 16 anos e três meses.

A primeira final de cada um conta com uma diferença maior. Com 18 anos e seis meses, o suíço chegou à final no torneio de Marseille, no ano 2000. Com quase um ano a mais, Zverev disputou o título de Nice, em 2016, com 19 anos e um mês.

Quando o assunto é primeiro título, a disparidade é quase mínima. No torneio de Milão em 2001, Federer levantou o primeiro dos seus 93 títulos com 19 anos e seis meses, enquanto o irmão mais novo do também tenista Mischa Zverev conquistou a edição de 2016 do ATP de São Petersburgo com 19 anos e cinco meses.

Leia mais:

Federer desiste de Cincinnati e Nadal será número um do mundo

Bia Haddad vence tenista da casa e estreia com vitória em Cincinnati

No ranking, os números são interessantes. Ambos entraram no top 100 com a mesma idade: 18 anos e um mês. Porém, Zverev alcançou logo a posição 85, enquanto Federer, ficou com a de 95. No top 10, o alemão tem oito meses de vantagem: Federer figurou entre os dez primeiros com 20 anos e nove meses e Zverev, com 20 anos e um mês.

Em termos de aproveitamento, o suíço de vinte anos tinha 70%, com 49 vitórias e 21 derrotas. Sascha, hoje, tem 75,9%, com 41 triunfos e 13 derrotas.

Após a vitória deste domingo, o alemão alcançou o seu sexto título, segundo Masters 1000 da carreira, e subiu uma posição no ranking, terminando na sétima colocação. Com os mesmos 20 anos e quatro meses, Federer tinha um título conquistado e ocupava a posição de número 13 do ranking da ATP.

Zverev vem recebendo grandes elogios de jornalistas, ex e atuais tenistas, inclusive de Roger Federer. O suíço já levou o jovem colega para treinar com ele e, sempre que pode, dá conselhos ao alemão. Sascha já soma bons números em sua breve carreira, com números próximos aos do suíço. O que resta saber é se ele seguirá os passos do ?mestre?, e transformará esses números em história.

Gazeta Esportiva

TAGS