Participamos do

Super Bowl: show do intervalo reúne astros do hip hop e tem aparição surpresa de 50 Cent

Time da Califórnia ganhou de virada contra equipe de Ohio, mudando placar nos últimos minutos do jogo; com a vitória, Los Angeles Rams conquista seu segundo Super Bowl
12:15 | Fev. 14, 2022
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os astros Dr. Dre, Snoop Dogg e Mary J. Blige trouxeram, no domingo, 13, as batidas do hip-hop pela primeira vez ao show do intervalo do Super Bowl. Eminem invocou um protesto por justiça racial ao se ajoelhar no palco. O tão esperado show, que contou com a participação surpresa de 50 Cent, abrilhantou o primeiro Super Bowl disputado em Los Angeles, Califórnia, em quase 30 anos, que terminou com a vitória dos Rams contra o Cincinnati Bengals por 23-20.

No gramado do SoFi Stadium, inaugurado em 2020 com um orçamento de mais de 5 bilhões de dólares, apareceram cinco casas brancas colocadas em um mapa iluminado de Los Angeles e com carros estacionados na porta, em uma mensagem clara de que é fundamentalmente uma música urbana.Dre e Snoop abriram o show com seu hit "The next episode", antes de prestarem homenagem ao falecido Tupac Shakur com "California Love".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O rapper Eminem apresentou seu hit "Lose Yourself", encerrando a apresentação de joelhos no palco, um gesto que homenageia o protesto antirracismo do ex-jogador da NFL Colin Kaepernick.O gesto de Kaepernick, que decidiu se ajoelhar durante o hino americano antes das partidas em 2016, foi duramente criticado por Donald Trump e setores da sociedade e lhe custou a carreira na NFL.

Os rappers se apresentaram para 70.000 espectadores que lotaram o estádio, após dois anos de pandemia de Covid-19.Os cinco artistas reunidos ganharam 44 prêmios Grammy - só Eminem tem 15 - e lançaram 22 álbuns que alcançaram o número 1 da Billboard.Alvo esta semana de uma denúncia por um suposto abuso sexual ocorrido em 2013, apenas Snoop Dogg não tem um Grammy apesar de ter sido indicado 17 vezes.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags