PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Com Gómez e Viña titulares, Uruguai e Paraguai empatam pelas Eliminatórias

Partida realizada no estádio Centenário, em Montevidéu, foi finalizada em 0 a 0. O uruguaio Arrascaeta, do Flamengo, foi desfalque após testar positivo para Covid-19

21:11 | 03/06/2021
Partida realizada no estádio Centenário, em Montevidéu, entre Uruguai e Paraguai, foi finalizada em 0 a 0. (Foto: Conmebol/Twitter)
Partida realizada no estádio Centenário, em Montevidéu, entre Uruguai e Paraguai, foi finalizada em 0 a 0. (Foto: Conmebol/Twitter)

Em jogo válido pela sétima rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, Uruguai e Paraguai empataram em 0 a 0, nesta quinta-feira, no Estádio Centenário, em Montevidéu. O zagueiro Gustavo Gómez e o lateral Matías Viña, do Palmeiras, foram titulares da seleções paraguaia e uruguaia, respectivamente.

Em campo, Uruguai e Paraguai pouco produziram. A melhor oportunidade foi dos donos da casa, em gol anulado do atacante Jonathan Rodríguez ainda no primeiro tempo. Já os visitantes tiveram sua melhor chance com Ángel Romero, também na primeira etapa, em chute forte defendido por Muslera.

Com o resultado, Uruguai e Paraguai chegaram aos sete pontos nas Eliminatórias Sul-Americanas. A Albirroja, no entanto, leva vantagem no saldo de gols e ocupa a quarta colocação. Já a Celeste aparece na quinta posição.

As duas seleções voltam a campo na terça-feira para a oitava rodada das Eliminatórias. Enquanto o Uruguai visita a Venezuela, às 19h30 (de Brasília), em Caracas, o Paraguai recebe a Seleção Brasileira, às 21h30, em Assunção.

O jogo - As melhores chances da partida ocorreram no primeiro tempo. Aos nove minutos, Valverde cobrou falta para a área, onde Luis Suárez, livre, cabeceou para fora. Seis minutos depois, Ángel Romero recebeu na entrada da área e finalizou forte, mas Muslera fez grande defesa no canto esquerdo.

Aos 23, Bentancur foi lançado na área e tocou para Jonathan Rodríguez chutar para a rede. O lance, no entanto, foi anulado por impedimento no início da jogada, gerando revolta dos uruguaios.

A segunda etapa foi ainda menos movimentada. Suárez teve oportunidade aos 17 minutos após passe de Torreira na área, mas finalizou por cima. Já o Paraguai chegou duas vezes com Richardo Sánchez e Almirón. Enquanto a primeira tentativa foi para linha de fundo, a segunda parou nas mãos de Muslera.