PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Técnico do Lyon condena ameaças a Thiago Mendes após entrada em Neymar

11:57 | 16/12/2020
Neymar não deve desfalcar o PSG por muito tempo após lesão sofrida no Campeonato Francês
 (Foto: FRANCK FIFE / AFP)
Neymar não deve desfalcar o PSG por muito tempo após lesão sofrida no Campeonato Francês (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Dias depois da vitória do Lyon sobre o PSG em Paris, a entrada de Thiago Mendes em Neymar segue repercutindo. O técnico do ex-são-paulino, Rudi Garcia, defendeu o volante, disse esperar uma punição justa e que as ameaças nas redes sociais parem.

"Espero que haja uma decisão justa por parte da Comissão de Disciplina. Todo esse burburinho midiático não me atrai em nada. Ele teve a infelicidade de o pé de Neymar ter ficado embaixo dele. Thomas Tuchel disse que o Neymar poderia jogar no domingo... felizmente não houve lesão grave, melhor, ao contrário do que sugeria a saída do jogador", comentou o treinador do Lyon em entrevista coletiva da última terça-feira.

"As ameaças de morte recebidas por Thiago não deveriam existir. Hoje, nos permitimos facilmente insultar ou dizer coisas horríveis. Não são mais as redes sociais, mas as redes de casos sociais", completou.

Thiago Mendes foi expulso após entrada em Neymar, já nos acréscimos da derrota do PSG. O craque brasileiro não teve lesão detectada e pode voltar a campo em breve. Horas depois do lance, o volante usou as redes sociais para pedir desculpa: "Erros acontecem, mas estou aqui para pedir meu sincero pedido de desculpas ao Neymar", escreveu no Instagram.

Com o triunfo no final de semana, o Lyon ultrapassou o PSG e assumiu a vice-liderança do Campeonato Francês com 29 pontos. O Lille lidera com a mesma marca, mas vantagem no saldo de gols.