PUBLICIDADE
NOTÍCIA

CR7 leva a melhor sobre Messi, marca dois e Juve bate o Barcelona pela Champions

Com a vitória, a Velha Senhora igualou os 15 pontos do Barça e encerra termina em primeiro no Grupo G

20:00 | 08/12/2020
Cristiano Ronaldo fez dois gols na vitória da Juventus sobre o Barcelona, no Camp Nou (Foto: Josep LAGO / AFP)
Cristiano Ronaldo fez dois gols na vitória da Juventus sobre o Barcelona, no Camp Nou (Foto: Josep LAGO / AFP)

No esperado duelo desta terça-feira entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, foi o português quem saiu com a vitória. Pela rodada final da fase de grupos da Liga dos Campeões, a Juventus derrotou o Barcelona por 3 a 0, no Camp Nou, com dois gols de CR7. Com o resultado, os italianos ultrapassaram os espanhóis no Grupo G e confirmaram a classificação para as oitavas na liderança.

Mesmo jogando longe de seus domínios, a Velha Senhora começou pressionando o adversário e abriu o placar logo aos 13 minutos. Em ataque pela esquerda, Cristiano invadiu a área com a bola, foi derrubado por Ronald Araújo e o árbitro deu pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança, bateu no meio e deixou a Juve na frente.

Os visitantes não diminuíram o ritmo e ampliaram sete minutos depois. Cuadrado recebeu de McKennie na direita e cruzou para o próprio volante finalizar de voleio e marcar um belo gol na partida.

Atrás no placar, o Barcelona tentou criar forças para reagir e equilibrou o confronto, criando as principais jogadas através de Messi. No entanto, a equipe acabou pecando na pontaria e o resultado não foi mais alterado no primeiro tempo.

No começo da etapa final, aos sete minutos, a Juve anotou o terceiro novamente de pênalti. Após cobrança de escanteio dos italianos, Lenglet colocou a mão na bola e o VAR confirmou a penalidade. CR7 foi para a bola, finalizou no canto esquerdo dessa vez e marcou seu segundo tento no duelo.

Com uma vantagem bastante favorável, a Juve reduziu o ritmo e permitiu que o Barça melhorasse. Quatro minutos depois do terceiro gol, Griezmann acertou uma cabeçada no travessão e quase diminuiu para os catalães.

No decorrer da etapa, os espanhóis continuaram pressionando, mas pararam nas boas defesas de Buffon. A Juventus tentou ainda criar mais algumas oportunidades e chegou a marcar o quarto aos 30 minutos com Bonucci, porém o zagueiro estava impedido e o gol foi anulado.

Nos últimos minutos, o Barcelona voltou a tomar controle das principais jogadas ofensivas e não desistiu da reação, mas Buffon fechou o gol e o resultado foi mantido até o final, confirmando a vitória da Juventus sobre os catalães e o triunfo de CR7 na batalha contra Lionel Messi.

Pelo mesmo grupo de Juve e Barcelona, o Dínamo de Kiev derrotou o Ferencvaros por 1 a 0.