PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Vinicius Junior volta a brilhar e ganha moral no Real Madrid

Atacante brasileiro foi fundamental nas últimas vitórias do Merengues, que colocaram o time na liderança do Espanhol

16:21 | 25/06/2020
Vinicius Junior deixou sua marca com um golaço diante do Mallorca (Foto: AFP)
Vinicius Junior deixou sua marca com um golaço diante do Mallorca (Foto: AFP)

Um gol, um chute na trave e vários dribles: Vinicius Junior foi um verdadeiro pesadelo na quarta-feira para o Mallorca, se consolidando como um dos homens de confiança no Real Madrid de Zinedine Zidane na reta final da temporada.

"Zidane me diz para jogar feliz, como sempre faço. Hoje, mais uma vez, pude ajudar o Madrid a continuar na liderança e seguir lutando pela La Liga", declarou 'Vini' à emissora Movistar+ após a partida.

O atacante de 19 anos abriu o placar na vitória de 2 a 0 sobre o Mallorca invadindo a área e finalizando com um toque por cima do goleiro. Logo em seguida, acertou o trave num forte chute. Na partida anterior, contra a Real Sociedad, não marcou, mas foi responsável por sofrer um pênalti que abriu o caminho para a vitória por 2 a 1 que deu a liderança do Campeonato Espanhol ao Real Madrid.

O brasileiro já tinha drible e velocidade, mas agora vem completando seu arsenal com uma maior clareza e precisão no último passe e na finalização, seus pontos fracos desde que estreou oficialmente com o Real em 29 de setembro de 2018 contra o Atlético de Madrid (0-0).

Escolha das jogadas 

"Novamente Vinicius foi o melhor, com um futebol que não carece de velocidade e drible e que cresce em capacidade na finalização e no passe aos companheiros", escreveu nesta quinta-feira Alfredo Relaño, colunista do diário espanhol 'As'.

O próprio Zidane elogiou na quarta-feira a melhora de Vini dentro da área."A gente não fica sempre trabalhando finalização, só quando dá tempo. Fazemos isso com Vini e com todos. O importante é que estamos fazendo as coisas bem", afirmou.

A boa fase de Vinicius levou Zidane a mudar seu esquema tática na quarta-feira para escalar juntos o brasileiro e Eden Hazard, apesar de ambos jogarem melhor na ponta esquerda.

"A posição de Vini é a mesma de Eden, mas não significa nada, eu gosto de colocar os jogadores em suas posições, mas podem jogar juntos eventualmente", alertava Zidane na terça-feira em coletiva de imprensa.

"Agora mesmo, o brasileiro é peça-chave para a equipe, ao ponto que Zidane teve que se render à evidência e encontrar um lugar para ele ao lado de Hazard, o que até ontem era uma dupla impossível no Real Madrid", escreveu nesta quinta-feira o diário 'Marca'.

"É a primeira vez que jogamos juntos (com Hazard), acredito que foi bom. Temos que continuar assim se Zidane decidir que os dois têm que jogar", afirmou Vinicius, garantindo que atuar ao lado do astro belga "é muito fácil".

 Confira o #9 episódio do Futebol não é Soccer:

Listen to "#09 - Mudanças no retorno do futebol durante a pandemia do novo coronavírus" on Spreaker.