PUBLICIDADE
NOTÍCIA

"Sentimos muita falta de nosso público", diz Lucien Favre, técnico do Borussia Dortmund

Os aurinegros venceram seu maior rival, o Schalke 04, neste sábado, 16, com o estádio vazio

Gabriel Lopes
11:21 | 17/05/2020
Signal Iduna Park, estádio do Borussia Dortmund, não terá a presença de torcedores (Foto: Heinz Buese/POOL/AFP)
Signal Iduna Park, estádio do Borussia Dortmund, não terá a presença de torcedores (Foto: Heinz Buese/POOL/AFP)

O retorno em campo do Borussia Dortmund não poderia ser melhor: goleada por 4 a 0 no seu maior rival, o Schalke 04. Porém, no Signal Iduna Park, estádio do Borussia, que normalmente está lotado, com média superior a 80 mil torcedores por jogo, estava vazio, por conta das medidas de isolamento social provocadas pela pandemia do novo coronavírus pelo mundo. O técnico dos aurinegros, o suíço Lucien Favre, externou o sentimento de estranheza com a falta da presença dos torcedores. 

“Não havia qualquer barulho (no estádio). Chutes a gol, fazer um grande passe, roubadas de bola, e nada acontecia. É muito, muito estranho. Sentimos muita falta de nosso público", disse o treinador.

Já o meio-campista alemão Julian Brandt, que deu duas assistências para gol no clássico do Vale do Ruhr, também comentou a primeira partida da história do Borussia Dortmund em casa sem público. “Evidentemente, teríamos preferido condições normais, mas, no fim, futebol é futebol e tentamos desfrutar”, analisou.

O Campeonato Alemão, ou Bundesliga, retornou para a disputa de suas nove rodadas finais neste sábado, 16, e foi a primeira das grandes ligas europeias a voltar com o futebol durante a pandemia do novo coronavírus.