PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Ex-goleiro de Chelsea e Inglaterra, Peter Bonetti morre aos 78 anos

Apelidado de "O Gato", arqueiro fez história nos Blues, onde disputou 729 partidas e conquistou títulos

15:20 | 12/04/2020
Peter Bonetti, com camisa cinza, em amistoso realizado após sua aposentadoria
Peter Bonetti, com camisa cinza, em amistoso realizado após sua aposentadoria (Foto: AFP / BORG CARDONA)

Peter Bonetti, lendário ex-goleiro do Chelsea e da seleção inglesa, morreu aos 78 anos de idade após lutar durante um longo tempo contra uma doença, anunciou o clube londrino da Premier League neste domingo.

"Todos no Chelsea Football Club estão profundamente tristes em anunciar a morte de nosso brilhante ex-goleiro Peter Bonetti, que jogou 729 jogos com os Blues", declarou a equipe de Stamford Bridge no Twitter.

Apelidado de "The Cat" (O Gato) por sua agilidade, ele foi um dos pilares do Chelsea durante quinze temporadas nas décadas de 1960 e 1970, ganhando então uma Copa da Liga (1965), uma Copa da Inglaterra (1970) e uma Recopa da Europa (1971).

Bonetti fez parte da seleção inglesa campeã mundial em 1966, embora não tenha disputado nenhuma partida naquele torneio.

O goleiro vestiu a camisa da equipe de seu país sete vezes. Sua trajetória para se tornar titular foi dificultada por coincidir com outras lendas na posição como Gordon Banks e, em seguida, Peter Shilton.

Sua carreira com a seleção inglesa ficou marcada pela eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo de 1970 contra a Alemanha Ocidental. O goleiro acabou sendo responsabilizado pela derrota durante muito tempo.

Ele foi titular nesse jogo devido a uma intoxicação alimentar do titular Gordon Banks. Mas Bonetti não se saiu bem nos dois primeiros gols sofridos pela Inglaterra contra os alemães. Os então campeões mundiais ingleses, que chegaram a abrir uma vantagem de 2 a 0, acabaram perdendo o duelo por 3 a 2.

Bonetti, que na época tinha um modelo de luva com seu nome, não jogou mais pela seleção inglesa, embora tenha voltado ao English Team anos mais tarde como treinador dos goleiros, depois de já ter ocupado o cargo no Chelsea.