PUBLICIDADE
NOTÍCIA

No Japão, Zico publica foto com máscara de proteção ao coronavírus e tranquiliza fãs

Ex-jogador do Flamengo e da Seleção Brasileira trabalha na "Terra do Sol Nascente" como diretor técnico do Kashima Antlers

15:05 | 26/02/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 15-05-2017:Zico,comentarista esportivo e ex-jogador de futebol. Entrevista com o jogador Zico no Teatro Via Sul onde o mesmo palestrou. (foto: Júlio Caesar/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 15-05-2017:Zico,comentarista esportivo e ex-jogador de futebol. Entrevista com o jogador Zico no Teatro Via Sul onde o mesmo palestrou. (foto: Júlio Caesar/O POVO) (Foto: JÚLIO CAESAR)

Um dos maiores ídolos da história do futebol brasileiro, Zico usou as redes sociais para falar sobre a situação do Japão devido ao coronavírus. O ex-meia do Flamengo é diretor técnico do Kashima Antlers e comentou o estado de alerta em um dos países mais afetados pela doença.

“Recebendo muitas mensagens aqui pra tomar cuidado com essa questão do coronavírus. Esta semana o Ministério da Saúde do Japão, em concordância com todas as entidades, cancelou todos os jogos ate 18 de março. Falaram da importância dessas próximas duas semanas pra se ter uma ideia clara do que está acontecendo”, disse o Galinho.

Zico citou que até mesmo os esportistas receberam recomendações para evitar a doença, “Todas as medidas de cuidados básicos estão sendo informadas à população.Em todos os estabelecimentos os funcionários usam máscaras, há álcool para serem lavadas as mãos, temos que evitar autógrafos, fotos, locais de muita aglomeração, etc. Todos, sem pânico, mas atentos à importância do que está acontecendo pelo mundo”, completou.

O Brasil teve o primeiro caso positivo do coronavírus. O paciente é um homem de São Paulo, de 61 anos, que esteve na Itália entre 9 e 21 de fevereiro, justamente na região da Lombardia, região mais afetada no país europeu. O exame foi feito no Hospital Albert Einstein e a contraprova no Instituto Adolfo Lutz.

Veja vídeo: