Vasco demite Jorginho e trabalha com nome de Jair VenturaClub de Regatas Vasco da Gama | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Vasco demite Jorginho e trabalha com nome de Jair Ventura

A diretoria do Vasco anunciou no fim da noite de segunda-feira a demissão de Jorginho. O treinador não resistiu à derrota de 1 a 0 para o time misto do Palmeiras no domingo, que deixou o Cruz-Maltino mais próximo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Na competição, a equipe ocupa a 15ª colocação, com [?]

11:45 | 14/08/2018

A diretoria do Vasco anunciou no fim da noite de segunda-feira a demissão de Jorginho. O treinador não resistiu à derrota de 1 a 0 para o time misto do Palmeiras no domingo, que deixou o Cruz-Maltino mais próximo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Na competição, a equipe ocupa a 15ª colocação, com 19 pontos, um a mais que o Santos, primeiro na zona do descenso, e vem de três derrotas consecutivas.

Para agravar a situação, na última quinta-feira o Vasco foi despachado da Copa Sul-Americana pela LDU em pleno São Januário. Como também caiu precocemente na Copa do Brasil, se manter na elite nacional parece ser o único objetivo do clube até o fim da temporada. O treinador ficou apenas 10 jogos à frente da equipe e somou quatro vitórias, um empate e cinco derrotas, o que lhe dá um aproveitamento de 43,33%.

Na nota oficial, o Vasco informou que a ?decisão foi tomada em consenso entre ele (Jorginho) e o presidente Alexandre Campello?. Junto com o treinador deixa o clube o preparador físico Joelton Urtiga. Valdir Bigode, ex-atacante e atualmente membro da comissão técnica permanente, assumiu o elenco de forma interina.

Apesar de confiar em Valdir, o Vasco busca um profissional para substituir Jorginho. Apesar da pressão da torcida por Abel Braga, o treinador já deixou claro que não vai trabalhar mais este ano. Roger Machado também tem o mesmo pensamento. O nome que está em pauta em São Januário é o de Jair Ventura, que fez um belo trabalho no Botafogo e recentemente foi dispensado pelo Santos.

Jair é visto como capaz de dar tranquilidade ao elenco nesta reta final de temporada, trabalhar bem as categorias de base e se encaixaria na folha salarial do Vasco. Os primeiros contatos já foram feitos.

Outros nomes foram ventilados, como os de Levir Culpi e Vanderlei Luxemburgo. Este última conta com o apoio de alguns empresários ligados à diretoria do Cruz-Maltino, porém, os dirigentes temem que ele possa gerar problemas por não ser de agrado de boa parte da torcida. Identificado com o Vasco, Dorival Júnior está impedido de trabalhar no momento por conta de problemas particulares.

A ideia da diretoria é ter o novo treinador no banco de reservas já na próxima partida do time, na noite de segunda-feira, às 20h (de Brasília), diante do Ceará, em São Januário, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva

TAGS