Com Bigode no comando, Vasco fecha 1º turno contra o CearáClub de Regatas Vasco da Gama | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Com Bigode no comando, Vasco fecha 1º turno contra o Ceará

Tentando se recuperar da derrota de 1 a 0 para o Palmeiras e da demissão do técnico Jorginho. Atravessando um momento de incerteza. Dirigido pelo interino Valdir Bigode e sem ter uma equipe definida. Este é o Vasco que recebe o Ceará nesta segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), em São Januário, no Rio de [?]

15:31 | 20/08/2018

Tentando se recuperar da derrota de 1 a 0 para o Palmeiras e da demissão do técnico Jorginho. Atravessando um momento de incerteza. Dirigido pelo interino Valdir Bigode e sem ter uma equipe definida. Este é o Vasco que recebe o Ceará nesta segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro, no encerramento da última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O Cruz-Maltino soma 19 pontos, flertando com a zona de rebaixamento e precisando demais do resultado positivo. O Vozão, por sua vez, vem de empate sem gols, em casa, contra o Atlético-PR. O time cearense está na zona da degola, com 16 pontos.

Valdir Bigode procurou trabalhar o aspecto psicológico dos jogadores, mostrando que ainda é possível escrever uma história positiva. Os atletas parecem confiar que isso pode acontecer justamente pelo comandante. ?O Valdir é o tipo de treinador que chamamos de boleirão. Conhece bem o futebol e posso dizer que tem o respaldo de todos no elenco. A nossa expectativa é de crescermos já neste jogo contra o Ceará?, disse o lateral-esquerdo Ramon.

O plantel sabe que não pode adiar a reação no Campeonato Brasileiro, pois pode ter problemas com a zona de rebaixamento. Mas evita fazer projeções a longo prazo, mantendo o foco no duelo contra os cearenses. ?O ambiente é bom e estamos todos unidos para fazermos o Vasco subir de produção no Campeonato Brasileiro. A união de todos é muito importante. O nosso pensamento é vencer o jogo da próxima segunda-feira. Vamos pensar em uma partida de cada vez?, disse o zagueiro Leandro Castán.

A escalação do Vasco para este compromisso é um mistério, pois Valdir Bigode fechou todos os treinos que comandou. Após cumprir suspensão contra o Palmeiras, o lateral-direito Luiz Gustavo deve ocupar a vaga de Rafael Galhardo.

Pelo lado do Ceará, o técnico Lisca conversou com os jogadores e disse esperar problemas em campo. Ele entende que o Vasco é um rival complicado de ser batido no Rio de Janeiro, mas cobra personalidade de seus comandados. ?Vai ser um jogo complicado. Hoje os times se conhecem bem. É arma de lá, arma de cá e a minha expectativa é a de muitas dificuldades, pois o Vasco é muito forte dentro de casa. O nosso time, porém, vai com o pensamento de ganhar e mostrará muita personalidade?, afirmou.

A escalação do Ceará não está definida e há duas dúvidas. No meio-de-campo, Jown Cardona e Ricardinho disputam a preferência do treinador. Já no ataque, Juninho Quixadá, que luta contra uma lesão grau 1 no músculo posterior da coxa direita sofrida contra o Furacão, não tem lugar assegurado. Se for vetado, Calyson desponta como a principal opção.

FICHA TÉCNICA

VASCO X CEARÁ

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 20 de agosto de 2018 (Segunda-feira)

Horário: 20h(de Brasília)

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

VASCO: Martín Silva; Luiz Gustavo, Ricardo, Leandro Castán e Ramon; Leandro Desábato, Andrey, Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Thiago Galhardo; Andrés Rios

Técnico: Valdir Bigode

CEARÁ: Everson; Fabinho, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Edinho, Richardson e Jown Cardona (Ricardinho); Juninho Quixadá (Calyson), Arthur e Leandro Carvalho

Técnico: Lisca

Gazeta Esportiva

TAGS