PUBLICIDADE
Esportes

Novo diretor de futebol do Vasco conhece desafios que terá pela frente

Anunciado pela diretoria como novo diretor de futebol do Vasco, Alexandre Faria sabe que terá muitos desafios pela frente. Ele manteve reuniões nos últimos dias com o presidente Alexandre Campello, que passou uma pauta com prioridades. O dirigente, dentre as principais missões, é procurar um centroavante com pouca receita, seguir a valorização das categorias de [?]

14:45 | 22/06/2018

Anunciado pela diretoria como novo diretor de futebol do Vasco, Alexandre Faria sabe que terá muitos desafios pela frente. Ele manteve reuniões nos últimos dias com o presidente Alexandre Campello, que passou uma pauta com prioridades. O dirigente, dentre as principais missões, é procurar um centroavante com pouca receita, seguir a valorização das categorias de base, que já está em andamento, e dar respaldo ao técnico Jorginho em um ano eleitoral.

Com a eleição de Campello podendo ser anulada pela Justiça a qualquer momento, Faria sabe que trabalha sepre com a possibilidade de suas ações perderem qualquer valor, salvo as registradas em contrato.

O dirigente já começou a mapear o mercado em busca de um centroavante, a prioridade neste momento por conta das perdas na janela de meio de ano. O colombiano Duvier Riascos foi negociado com o futebol chinês e o Vasco não vem tendo sucesso nas negociações com o Defensa Y Justiça da Argentina para prorrogar o empréstimo de Andrés Ríos, que chega ao fim em julho. O clube argentino não aceita mais emprestá-lo e pretende que o Cruz-Maltino pague cerca de R$ 3,5 milhões por 50% dos direitos federativos. Esta hipótese sequer é levada em consideração pelos lados de São Januário.

Além de reforços, o treinador vai manter contatos a partir de segunda-feira, quando for apresentado oficialmente, com Jorginho para entender as necessidades da comissão técnica para trabalhar com tranquilidade.

Dentro de campo o elenco do Vasco foi liberado para um período de descanso. A volta aos trabalhos acontecerá apenas no dia 25 de junho. Os treinos estavam programados para o Espírito Santo, porém, a decisão foi da comissão técnica anterior e por conta de problemas de organização, os atletas permanecerão no Rio de Janeiro.

O próximo jogo do Vasco será somente em 16 de julho, quando o time recebe o Bahia, no Rio de Janeiro, pela rodada de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Como perdeu por 3 a 0 na ida, o Cruz-Maltino vai precisar golear por quatro ou mais gols de vantagem se quiser um lugar nas quartas. Pelo Campeonato Brasileiro o próximo desafio será em 19 de julho, também na capital carioca, quando acontece o clássico contra o Fluminense. O time vascaíno é o 11º colocado com 15 pontos.

Gazeta Esportiva

TAGS