PUBLICIDADE
Esportes

Finalistas do Carioca, Vasco e Botafogo se reencontram no Brasileirão

Vasco e Botafogo vão se reencontrar pela primeira vez depois da decisão do Campeonato Carioca. O duelo será neste sábado, às 19h(de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. No Estadual, o Glorioso deu a volta olímpica de forma heroica, ganhando no tempo normal com um gol [?]

20:15 | 01/06/2018

Vasco e Botafogo vão se reencontrar pela primeira vez depois da decisão do Campeonato Carioca. O duelo será neste sábado, às 19h(de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. No Estadual, o Glorioso deu a volta olímpica de forma heroica, ganhando no tempo normal com um gol isolado do zagueiro argentino Joel Carli, já nos acréscimos do segundo tempo e, depois, superando o Cruz-Maltino na disputa de pênaltis.

Dessa vez, porém, nenhum dos dois têm muitos motivos para comemorar. O Vasco até vem de um triunfo por 1 a 0 sobre o Paraná. Tem 11 pontos e está na parte intermediária na tabela de classificação. Porém, ainda paga o preço pela eliminação precoce na Copa Libertadores e por maus resultados, além de vivenciar uma crise política. O Glorioso, por sua vez, não ganha há três jogos, vem de derrota de 3 a 2 para o São Paulo fora de casa e, com nove pontos, flerta com a zona de rebaixamento.

?Sabemos que precisamos voltar a somar pontos, pois não ganhamos há três jogos e ainda perdemos alguns pontos importantes como mandantes na competição. O jogo contra o Vasco será fora de casa e temos a chance de recuperarmos esses pontos?, disse Alberto Valentim, técnico do Botafogo.

O fator campo, porém, é justamente algo que o Vasco do técnico Zé Ricardo aposta para vencer.

?Temos uma ligeira vantagem por jogarmos em casa e temos que trabalhar para nos impor. Espero um jogo aberto pela necessidade de vitória dos times e pelo que já apresentaram até aqui?, disse Yago Pikachu, lateral-direito que vem jogando no meio e que fez o gol do triunfo sobre os paranistas.

A necessidade de vitória realmente deve tornar o jogo aberto.

?Um clássico é sempre uma oportunidade de nos recuperarmos e ganharmos moral. Portanto, vamos com o pensamento de ganhar o jogo. O Vasco pensa parecido e tenho certeza de que será uma partida muito disputada?, analisou o goleiro Jéfferon.

O Vasco segue muito desfalcado. O zagueiro Werley sofreu uma fratura no braço direito diante do Paraná e fica de fora. Em relação ao jogo passado Zé Ricardo ainda perdeu o lateral-esquerdo Henrique, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, e o meia Moresche, que começou no banco e foi expulso. A lista de desfalques vascaínos tem ainda o goleiro Martín Silva, com a seleção uruguaia que se prepara para a Copa do Mundo da Rússia, o lateral-direito Rafael Galhardo, se recuperando de entorse no tornozelo direito, o zagueiro Breno, com dores no joelho direito, o volante Bruno Silva e os meias Thiago Galhardo e Kelvin, todos com lesão na coxa direita.

Em compensação, o treinador ganha o retorno do volante argentino Leandro Desábato e do meia Wágner, ambos que cumpriram suspensão diante dos paranistas. Afastados por indisciplina, o goleiro Gabriel Félix, o zagueiro Paulão e os volantes Wellington e Evander foram reintegrados e ficam à disposição.

?Estamos tento que reinventar o time a cada rodada por conta da perda de jogadores. É um problema comum no futebol brasileiro, mas que nos pegou um pouco mais cedo em termos de temporada. Isso se agrava porque o momento nosso é delicado?, analisou um preocupado Zé Ricardo.

O Botafogo também tem problemas. Alberto Valentim vai ser obrigado a mexer em seu meio-de-campo, pois Matheus Fernandes recebeu o terceiro cartão amarelo contra o São Paulo e cumpre suspensão. João Pedro, que sofreu uma convulsão e deixou o gramado desacordado na mesma partida, é outro desfalque, pois está sob observação médica. Jean e Gustavo Bochecha disputam a vaga de Matheus Fernandes, enquanto que Marcos Vinícius deve ganhar o lugar de João Pedro. Renatinho, recuperado de lesão na coxa direita, fica como opção no banco de reservas.

FICHA TÉCNICA

VASCO-RJ X BOTAFOGO-RJ

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 2 de junho de 2018 (Sábado)

Horário: 19h(de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP)

VASCO: Fernando Miguel, Luiz Gustavo, Frickson Erazo, Ricardo e Ramon; Leandro Desábato, Andrey, Wágner e Yago Pikachu; Andrés Ríos e Duvier Riascos

Técnico: Zé Ricardo

BOTAFOGO: Jéfferson, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean (Gustavo Bochecha), Rodrigo Lindoso, Luiz Fernando, Leonardo Valencia e Marcos Vinícius; Kieza

Técnico: Alberto Valentim

Gazeta Esportiva

TAGS