PUBLICIDADE
Esportes

Jogadores do ?quarteto? terão tratamento diferenciado no Vasco

A diretoria do Vasco está com um verdadeiro problema nas mãos desde que afastou quatro jogadores por postagens em redes sociais ironizando a torcida. O goleiro Gabriel Félix, o zagueiro Paulão e os volantes Evander e Wellington estão afastados. Nesta quinta-feira, por exemplo, não participaram do treino da manhã com o restante do plantel. Mas [?]

14:15 | 24/05/2018

A diretoria do Vasco está com um verdadeiro problema nas mãos desde que afastou quatro jogadores por postagens em redes sociais ironizando a torcida. O goleiro Gabriel Félix, o zagueiro Paulão e os volantes Evander e Wellington estão afastados. Nesta quinta-feira, por exemplo, não participaram do treino da manhã com o restante do plantel. Mas eles não terão o mesmo tratamento, apesar de os dirigentes evitarem falar do assunto.

Revelados nas categorias de base do clube, Gabriel Félix, com contrato até 2021, e Evander, com vínculo até 2020, não serão dispensados. A diretoria tenta trabalhar a realidade deles com o tempo, para que a situação seja amenizada. A tendência é que fiquem de fora dos planos até a parada do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo. A aposta é que no recesso o caso seja esquecido pelos torcedores.

Já Paulão, com contrato até o fim do próximo ano, e Wellington, com vínculo até 2020, estão tendo a situação analisadas. A inclusão em uma negociação seria o cenário ideal para os dirigentes, que não descartam uma rescisão contratual.

A situação de Wellington é a mais problemática para a diretoria, pois ele é agenciado pelo empresário Carlos Leite, de livre trânsito nos bastidores de São Januário e que recentemente emprestou R$ 20 milhões para que o clube pudesse arcar com alguns compromissos. O agenda, que é amigo de vários dirigentes influentes no Vasco, ainda não se posicionou e nem deverá, pois aguarda contatos com os dirigentes para saber os próximos passos. O presidente Alexandre Campello deverá cuidar da situação pessoalmente envolvendo os quatro atletas, pois inclusive vem sofrendo muitas cobranças por parte da oposição.

Uma certeza é que nenhum deles será relacionado para o duelo do próximo fim de semana diante do Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), às 16 horas (de Brasília), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino aparece na tabela de classificação na nona colocação, com oito pontos conquistados, e busca um triunfo para ingressar no G-6, a zona que leva para a Copa Libertadores.

Gazeta Esportiva

TAGS