PUBLICIDADE
São Paulo FC
NOTÍCIA

Diniz fala sobre pressão por título após nova queda: "Só temos uma competição para focar"; assista

Sem soltar o grito de campeão desde 2012, quando o clube venceu a Copa Sul-Americana, a torcida do São Paulo aguarda reta final do Brasileirão

11:29 | 31/12/2020
Fernando Diniz lamentou eliminação do São Paulo para o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil (Foto: JÚLIO CAESAR)
Fernando Diniz lamentou eliminação do São Paulo para o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil (Foto: JÚLIO CAESAR)

O técnico Fernando Diniz reconheceu que a pressão por um título será maior a partir de agora, passada a eliminação na semifinal da Copa do Brasil para o Grêmio. Dando adeus ao torneio que jamais venceu, o Tricolor paulista passa a focar exclusivamente no Campeonato Brasileiro, competição na qual é líder com sete pontos de vantagem para o segundo colocado.

Os são-paulinos tinham a expectativa de seguir brigando nas duas frentes. Sem vencer um título há oito temporadas, o clube caminha a passos largos para conquistar o heptacampeonato brasileiro, entretanto, para alcançar o objetivo, não poderá se deixar abalar por mais uma eliminação na temporada.

“Só temos uma competição agora para focar, pouco menos de dois meses para ela se encerrar. Estamos fazendo um bom campeonato, todos os jogados estão valendo alguma coisa. Alguns estão disputando título, outros vaga na Libertadores, outros brigando para não caírem. É um campeonato em que temos que nos entregar ao máximo para conseguir fazer o nosso melhor dentro dele”, afirmou Diniz.

Sem soltar o grito de campeão desde 2012, quando o clube venceu a Copa Sul-Americana, a torcida do São Paulo aguarda ansiosamente o desenrolar das últimas rodadas do Campeonato Brasileiro para voltar a celebrar um título, responsabilidade imensa sobre os ombros do elenco tricolor.

“Pressão tem sempre aqui no São Paulo e agora, obviamente, terá mais pressão pra ganhar. Precisamos de tudo pra ganhar o campeonato [Brasileiro], não tem como falar que não tem pressão em um clube deste tamanho, que está há tanto tempo sem ganhar um título de expressão. Temos que trabalhar muito e fazer de tudo, jogar jogo a jogo, sem relaxar um segundo. Campeonato Brasileiro é muito difícil, todo mundo está disputando alguma coisa. É trabalhar e encarar cada jogo como uma final daqui pra frente”, concluiu.