PUBLICIDADE
Esportes

Guarani elimina Botafogo na Copa São Paulo

O Guarani derrotou o Botafogo por 1 a 0, na tarde desta terça-feira, em São Carlos, e se classificou para as quartas de final da Copa São Paulo. Na próxima fase, o time paulista vai encarar o ganhador de Palmeiras e Figueirense. Em jogo muito equilibrado, a equipe paulista foi mais objetiva do que o [?]

19:00 | 15/01/2019

O Guarani derrotou o Botafogo por 1 a 0, na tarde desta terça-feira, em São Carlos, e se classificou para as quartas de final da Copa São Paulo. Na próxima fase, o time paulista vai encarar o ganhador de Palmeiras e Figueirense.

Em jogo muito equilibrado, a equipe paulista foi mais objetiva do que o adversário e mereceu a vitória. O único gol da partida foi marcado por Renan, no segundo tempo.

Equilíbrio na primeira etapa

Os dois times começaram a partida em ritmo lento, trocando passes no meio-campo e exercendo forte marcação. Só aos oito minutos é que o Guarani chegou à área alvinegra em cabeçada de Bidu para fora, após cobrança de escanteio.

Aos 13 minutos, Matheusinho recebeu na intermediária, se aproximou da área e tentou colocar no ângulo direito, mas a bola saiu. O Botafogo respondeu com um chute de Rhuan bem defendido pelo goleiro Guilherme Gallis.

O Guarani era mais ofensivo e voltou a incomodar o goleiro Lucas em chute de Pedro Henrique. Logo depois, o goleiro do Botafogo se atrapalhou ao tentar dominar uma bola recuada e quase permitiu que o jogador da equipe campineira ganhasse a jogada.

Aos 23 minutos, o time paulista desperdiçou uma excelente oportunidade, quando Renan recebeu dentro da área, se livrou da marcação e bateu para fora quando tinha tudo para marcar. Bem vigiado pela defesa alvinegra, o artilheiro Davó quase não conseguia participar do jogo.

Após a parada técnica, o time carioca voltou mais agressivo e quase marcou aos 31 minutos, quando Rhuan cruzou para a área e Michel desviou para o gol, mas o goleiro Guilherme Gallis salvou com o pé.

Renan tira o zero do placar

No segundo tempo, o Guarani seguiu com o mesmo ímpeto ofensivo e, aos 11 minutos, o goleiro Lucas fez grande defesa e evitou que a bola entrasse em chute forte de Pedro Henrique. Dois minutos depois, o Bugre saiu na frente. Renan recebeu na entrada da área e mandou a bomba, sem chances de defesa para o goleiro do Botafogo.

Sem alternativa, o Botafogo partiu para buscar o empate e quase alcançou o objetivo aos 24 minutos em conclusão de Rhuan, que passou muito perto do travessão defendido por Guilherme Gallis. A pressão alvinegra prosseguiu e, aos 30 minutos, Gabriel quase marcou, mas a bola acabou saindo.

Nos minutos finais, o Guarani recuou para defender a vantagem, enquanto o Botafogo se lançava desesperadamente ao ataque para tentar empatar e levar a decisão para a disputa de pênaltis.

Aos 46, Ramonzinho quase empatou com uma chute forte, mas a bola passou tirando tinta da trave na última tentativa do time carioca de evitar a eliminação.

Gazeta Esportiva

TAGS