Direção do São Paulo destaca liderança de Hernanes e celebra contrataçãoSão Paulo Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Direção do São Paulo destaca liderança de Hernanes e celebra contratação

A euforia pela contratação de Hernanes não tomou conta apenas dos torcedores são-paulinos. Após o anúncio do acerto, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o executivo de futebol Raí e o gerente executivo de futebol Alexandre Pássaro também celebraram o acerto e destacaram o poder de liderança do Profeta. ?Hernanes é um ídolo, [?]

12:45 | 29/12/2018

A euforia pela contratação de Hernanes não tomou conta apenas dos torcedores são-paulinos. Após o anúncio do acerto, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o executivo de futebol Raí e o gerente executivo de futebol Alexandre Pássaro também celebraram o acerto e destacaram o poder de liderança do Profeta.

?Hernanes é um ídolo, um jogador extraordinário, que tem uma história maravilhosa no São Paulo. É um vencedor, um campeão, um jogador de ótima qualidade técnica que também é um líder dentro e fora de campo, com a mentalidade que queremos para o São Paulo em 2019. Concretizar a volta definitiva dele para cá é a realização de um objetivo grandioso que, tenho certeza, aumenta a capacidade técnica e competitiva da equipe. Estamos muito felizes com isso?, afirmou Leco.

Hernanes é a quinta contratação do São Paulo para a temporada 2019. Antes, o clube já havia anunciado o lado o lateral-esquerdo Léo (Bahia), o lateral-direito Igor Vinícius (Ponte Preta), o atacante Pablo (Athletico-PR) e o goleiro Tiago Volpi (Querétaro-MEX). Além deles, a comissão técnica tricolor também ganhou novas caras: Carlinhos Neves retornou ao clube para chefiar a preparação física da equipe e Sandro Forner foi contratado para ser o auxiliar técnico de André Jardine.

?No primeiro retorno ao São Paulo, em 2017, o Hernanes mostrou a qualidade que tem como jogador e a diferença que pode fazer. Ele atuou apenas na segunda metade do Brasileirão e teve um rendimento excelente, determinante, foi protagonista num momento muito difícil. Isso mostra a contribuição que ele pode dar como líder em momentos decisivos além da contribuição direta como atleta, reconhecida pelos prêmios que recebeu no ano passado?, declarou o executivo de futebol Raí.

?Ter trabalhado com o Hernanes em 2017 me fez ver de perto, aqui no São Paulo, o que ele é capaz de fazer por uma equipe, por um grupo de trabalho. A forma como ele atua como líder e a dedicação diária dele, mesmo já tendo conquistado tantos objetivos profissionais na carreira, fazem diferença e contagiam quem está ao lado dele lutando pelos mesmos objetivos. Nas últimas semanas vimos nele, mais uma vez, uma vontade e um esforço para voltar que foram decisivos para que fechássemos a contratação definitiva?, completou o gerente executivo de futebol Alexandre Pássaro.

Natural de Recife, Hernanes chegou ao São Paulo com 15 anos de idade para fazer testes e foi aprovado. Após se destacar nas categorias de base são-paulinas, o atleta recebeu chances entre os profissionais e foi emprestado para o Santo André para pegar experiência.

Depois do período no time do ABC, Hernanes voltou ao São Paulo e se tornou ídolo, vencendo dois Campeonatos Brasileiros (2007 e 2008) e prêmios individuais (foi o craque do Brasileirão 2008).

Ainda em 2008, Hernanes foi convocado para defender o Brasil na Olimpíada de Pequim, na China, faturando a medalha de bronze. As ótimas exibições despertaram o interesse do futebol europeu e em 2010 o meio-campista acertou com a Lazio da Itália.

Pelo clube, conquistou a Copa da Itália na temporada 2012/13 e tornou-se ídolo. A boa fase o credenciou a defender a Seleção Brasileira na Copa das Confederações de 2013, conquistando o título da competição em cima da Espanha, no Maracanã lotado. Em alta na Europa, o Profeta foi chamado novamente para vestir a camisa amarelinha, na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Após deixar a Lazio idolatrado pela torcida, Hernanes seguiu para a Internazionale de Milão antes de triunfar novamente em território italiano: desta vez pela Juventus. No clube de Turim, participou das campanhas vencedoras do Campeonato Italiano e da Copa da Itália.

No início de 2017, transferiu-se para o Hebei Fortune, da China. Após seis meses, Hernanes optou por voltar ao Tricolor, por empréstimo, em julho daquele ano. O tempo foi suficiente para o Profeta aumentar ainda mais sua idolatria com a torcida são-paulina. Hernanes foi decisivo na reviravolta do Tricolor no Campeonato Brasileiro de 2017, tendo disputado 19 jogos, com nove gols e três assistências.

Gazeta Esportiva

TAGS