São Paulo muda estatuto e veta remuneração a conselheirosSão Paulo Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


São Paulo muda estatuto e veta remuneração a conselheiros

O Conselho Deliberativo do São Paulo aprovou na noite da última terça-feira uma mudança no estatuto do clube. Agora, os conselheiros licenciados estão proibidos de ocupar cargos remunerados no Tricolor. A medida, contudo, começa a valer apenas a partir de abril de 2020, quando ocorrerá a próxima eleição presidencial. Na reunião, 122 membros do conselho [?]

12:45 | 14/11/2018

O Conselho Deliberativo do São Paulo aprovou na noite da última terça-feira uma mudança no estatuto do clube. Agora, os conselheiros licenciados estão proibidos de ocupar cargos remunerados no Tricolor. A medida, contudo, começa a valer apenas a partir de abril de 2020, quando ocorrerá a próxima eleição presidencial.

Na reunião, 122 membros do conselho foram favoráveis à alteração, que para ser aprovada necessitava de 119 votos. A mudança no estatuto era uma reivindicação de integrantes da oposição.

Eles entendem que a nomeação de conselheiros a cargos remunerados descumpre o texto do novo estatuto do São Paulo, aprovado no início de 2017. O documento prevê a profissionalização administrativa do clube, com a participação de especialistas nas diversas áreas de atuação da diretoria executiva.

Na última noite, também se discutiu a situação do time no Campeonato Brasileiro. André Jardine é o nome forte do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, mas sua permanência em 2019 depende dos resultados nos últimos cinco jogos da temporada.

Gazeta Esportiva

TAGS