Arboleda promete um São Paulo aguerrido no clássico: ?Daremos a vida?São Paulo Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Arboleda promete um São Paulo aguerrido no clássico: ?Daremos a vida?

Após cumprir suspensão no empate por 2 a 2 com o Botafogo, o zagueiro Arboleda reforçará o São Paulo no clássico contra o Palmeiras, no próximo sábado, no Morumbi. O Choque-Rei é considerado decisivo por ambos os times, que brigam pela liderança do Campeonato Brasileiro. O São Paulo ocupa o terceiro lugar, com 52 pontos, [?]

09:15 | 03/10/2018

Após cumprir suspensão no empate por 2 a 2 com o Botafogo, o zagueiro Arboleda reforçará o São Paulo no clássico contra o Palmeiras, no próximo sábado, no Morumbi. O Choque-Rei é considerado decisivo por ambos os times, que brigam pela liderança do Campeonato Brasileiro.

O São Paulo ocupa o terceiro lugar, com 52 pontos, apenas um a menos que o rival. No Tricolor desde junho de 2017, o equatoriano já tem a dimensão exata da importância do clássico, agora acentuada pela disputa pelo título nacional.

?Para nós é uma semana de muita responsabilidade em todo treino. É um clássico que, se a gente ganhar, podemos retomar a liderança do campeonato. É o que a gente mais quer?, declarou o camisa 5, em entrevista ao site oficial do clube.

Embora ressabiada pela oscilação do time no segundo turno, a torcida do São Paulo promete lotar o Morumbi no sábado. Nesta terça-feira, o clube anunciou a venda antecipada de mais de 36 mil ingressos. A expectativa é de quebra de recorde de público no estádio na atual temporada.

?Muita motivação por jogar em casa, com nossa torcida, que sempre tem lotado e apoiado. É um clássico de muita importância, porque estamos brigando pelo título, e sábado daremos a vida pelos três pontos?, bradou.

Além de Arboleda, Everton retornará ao time titular após se recuperar de uma fibrose na coxa esquerda. Sendo assim, o técnico Diego Aguirre poderá escalar o time considerado ideal após sete jogos em que atuou desfalcado.

?Voltei da suspensão, agora estou à disposição do professor. Quando ele quiser, farei tudo pelos meus companheiros, pela torcida e pela vitória, porque a gente precisa estar em primeiro e se manter?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS