Aguirre condena primeiro tempo do São Paulo: ?Não fomos nós?São Paulo Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Aguirre condena primeiro tempo do São Paulo: ?Não fomos nós?

O São Paulo abriu o placar logo aos sete minutos de jogo nessa quarta-feira, mas não soube aproveitar a vantagem diante do Paraná, lanterna do Campeonato Brasileiro. O time de Diego Aguirre levou o empate antes do intervalo e só conseguiu se impor novamente no segundo tempo. Para o técnico uruguaio, seus comandados fizeram duas [?]

22:30 | 22/08/2018

O São Paulo abriu o placar logo aos sete minutos de jogo nessa quarta-feira, mas não soube aproveitar a vantagem diante do Paraná, lanterna do Campeonato Brasileiro. O time de Diego Aguirre levou o empate antes do intervalo e só conseguiu se impor novamente no segundo tempo. Para o técnico uruguaio, seus comandados fizeram duas apresentações totalmente distintas nas duas etapas disputadas na Vila Capanema.

?No primeiro tempo não fomos nós. Não jogamos como a gente pode jogar, não tivemos o controle da bola, foram duas situações para marcar gol, mas no segundo tempo melhoramos. Claro, não ganhamos, mas fica essa sensação de que deixamos escapar dois pontos importantes?, admitiu Aguirre, sereno, mas sincero quanto a sua decepção.

?No segundo tempo jogamos bem, merecemos, perdemos situações. Não tivemos efetividade para fazer o gol, coisa que normalmente fazemos, mas acontece, não dá para ganhar sempre, especialmente fora de casa, pode acontecer. Viemos buscar a vitória, obviamente, mas hoje não deu?, completou.

Durante a entrevista coletiva concedida em Curitiba, Diego Aguirre também fez questão de elogiar seu adversário, que ao contrário do que alguns imaginaram, não ficou o tempo todo atrás, apenas preocupado em se defender. O Paraná chegou a ser dominado, mas atacou e proporcionou espaços aos visitantes.

?Uma dificuldade para qualquer time que tem a obrigação de ganhar. Hoje eu gostei do Paraná, não foi um time plantado defensivamente. Foram pressionar, atacaram, criaram situações, temos de valorizar quando fazem as coisas bem?, analisou Aguirre, preocupado em não deixar que o tropeço dessa quarta atrapalhe o andamento da campanha do time.

?Temos de pensar rapidamente domingo, jogo em casa, a torcida vai lotar o Morumbi, temos de focar ao máximo e manter a liderança. Temos de melhorar coisas, mas vamos manter a calma. Sabemos o que temos de fazer?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS