PUBLICIDADE
Esportes

Jogadores do São Paulo minimizam perda do embalo e aprovam pausa

Forçado a entrar de férias, assim como todos os clubes da Série A, por causa da disputa para a Copa do Mundo da Rússia, o São Paulo viu ser interrompida uma sequência de três jogos de invencibilidade e uma campanha no Campeonato Brasileiro de apenas uma derrota em 12 rodadas. Muitos tricolores, principalmente torcedores, lamentaram [?]

08:15 | 02/07/2018

Forçado a entrar de férias, assim como todos os clubes da Série A, por causa da disputa para a Copa do Mundo da Rússia, o São Paulo viu ser interrompida uma sequência de três jogos de invencibilidade e uma campanha no Campeonato Brasileiro de apenas uma derrota em 12 rodadas. Muitos tricolores, principalmente torcedores, lamentaram a interrupção da boa fase diante do temor do time perder o embalo para o segundo semestre.

O discurso dentro do clube, no entanto, é bem diferente. Apesar da terceira colocação, quatro pontos atrás da ponta da tabela, comissão técnica e elenco entendem que o período de intertemporada pode ser essencial para o São Paulo se manter na briga pelo título.

?É sempre positivo, tem o descanso. Tenho certeza que a nossa equipe não vai voltar pior. Vai voltar do mesmo jeito. Todo mundo está focado em fazer uma intertemporada boa. Vamos manter essa pegada até o último jogo do Brasileiro?, comentou Reinaldo. ?Vamos consertar alguns detalhes para essa nova fase. Importante para todas as equipes esse período de treinamento, para se reforçar e contratar?, completou o lateral esquerdo.

?A gente pode aproveitar esses dias e trabalhar o máximo possível. O Aguirre corrigindo algumas coisas que precisam ser corrigidas. Nosso pensamento é justamente esse: nos preparar bem. Sabemos os confrontos que temos, confrontos diretos na parte de cima da tabela. A gente precisa fazer bem esses jogos, pensando um de cada vez?, pontuou o goleiro Sidão.

Depois de gozar de 13 dias de férias, o grupo são-paulino retomou o trabalho no CT da Barra Funda, fez um treino aberto no Morumbi e passará de hoje até sábado em Cotia. Dois jogos-treinos já estão programados. O foco é total na partida do dia 18 de julho, contra o líder Flamengo, no Maracanã. Em seguida, os compromissos se sucedem diante de Corinthians, Grêmio e Cruzeiro.

?Estamos bem. Voltamos aos treinos, não foi muito intenso no começo, mas no segundo, terceiro dia, o bicho começou a pegar. Vi todo mundo bem. E a gente tem 15 dias para realmente voltar com tudo e treinar com uma intensidade cada vez maior para estar pronto para o Flamengo?, explicou Nenê.

O período sem jogos oficiais não serve só para correções e adaptações. Jogadores que não estavam em condições plenas por causa de lesões ou déficit físico tiveram o tempo que precisavam para recuperação. São os casos de Carneiro, Edimar, Bruno, Morato e Anderson Martins.

?Já virei a página nas questões de lesões. Infelizmente aconteceu na chegada. Agora é trabalhar forte e conquistar os objetivos do grupo. O ano não começou legal para mim, mas as coisas estão melhor encaminhadas?, ressaltou o zagueiro, que no sábado trabalhou ao lado de Arboleda, entre os titulares.

?A parada é difícil, porque só vamos saber (as condições do time) quando o time jogar. Mas nós precisávamos de um tempo de trabalho e imagino que o São Paulo vai voltar melhor do que estava. Nessas semanas estamos convivendo de manhã e à tarde, e o time seguramente vai estar melhor. Não foi ruim a parada?, decretou Diego Aguirre.

Gazeta Esportiva

TAGS