PUBLICIDADE
Esportes

Mirando liderança, São Paulo nunca venceu Palmeiras na casa do rival

Para acabar a nona rodada do Campeonato Brasileiro na liderança, além de torcer para que o Flamengo não vença o Corinthians, o São Paulo precisa vencer o Palmeiras em pleno Allianz Parque, às 21h00 (horário de Brasília) deste sábado. Mas essa promete não ser uma missão fácil. Isso porque o Tricolor do Morumbi nunca venceu [?]

08:15 | 01/06/2018

Para acabar a nona rodada do Campeonato Brasileiro na liderança, além de torcer para que o Flamengo não vença o Corinthians, o São Paulo precisa vencer o Palmeiras em pleno Allianz Parque, às 21h00 (horário de Brasília) deste sábado. Mas essa promete não ser uma missão fácil.

Isso porque o Tricolor do Morumbi nunca venceu o rival quando este joga em sua casa. Aliás, o retrospecto do vice-líder da Série A no antigo Palestra Itália é péssimo: seis jogos, seis derrotas, 18 gols sofridos e somente três marcados.

O primeiro duelo entre as duas equipes no então novo estádio palmeirense foi no dia 25 de março de 2015, pelo Campeonato Paulista daquele ano. Comandado por Oswaldo de Oliveira, o Palmeiras abriu o placar com um golaço de Robinho, do meio de campo e encobrindo Rogério Ceni. Os outros dois tentos foram anotados por Rafael Marques: 3 a 0 no marcador.

Três meses depois, o Tricolor, em boa fase, voltou ao gramado rival pela nona rodada do Brasileirão. Daquela vez, o placar foi ainda mais elástico: 4 a 0 para os donos da casa e tentos marcados por Victor Ramos, Leandro Pereira, Rafael Marques e Cristaldo.

Em setembro de 2016, o cenário era outro. Os clubes voltaram a se encontrar no Allianz Parque pela Série A, mas enquanto o Palmeiras era líder da competição à época, o São Paulo buscava a vitória para se afastar da zona de rebaixamento. Comandado por Ricardo Gomes, o Soberano não conseguiu sair com o triunfo: o atacante argentino Chávez até abriu o placar, mas os zagueiros Mina e Vitor Hugo decretaram a vitória mandante de virada.

Pela primeira fase do Paulistão de 2017, o Tricolor foi para o gramado do adversário para tentar quebrar o jejum sem vitórias longe de seus domínios. Entretanto, Dudu marcou de cobertura, Denis falhou e o Palmeiras garantiu outro triunfo: 3 a 0, com direito à nariz quebrado do atacante são-paulino Lucas Pratto.

A vez que o São Paulo chegou mais perto dos três pontos na casa do rival aconteceu no Campeonato Brasileiro de 2017. Na zona de rebaixamento da competição à época, o Tricolor saiu para o jogo e abriu o placar com Marcos Guilherme. Entretanto, em três minutos, acabou cedendo a virada: Willian marcou duas vezes e pôs o Verdão à frente. O time de Dorival Júnior ainda empatou na etapa com Hernanes, mas viu o triunfo escapar no período final: tentos de Keno e Hyoran selaram o 4 a 2 na partida, marcada por um desmaio de Lucas Pratto, em campo, após colisão com Hernanes.

Por fim, o último duelo e derrota do Soberano nos domínios palmeirenses veio no Paulistão deste ano. No 100º jogo do Allianz Parque, o time de Roger Machado derrotou o de Dorival Júnior por 2 a 0, com gols de Antônio Carlos e Borja.

Agora, resta ao São Paulo torcer para que a escrita seja diferente com o técnico Diego Aguirre, que irá comandar a equipe pela primeira vez em um Choque-Rei. Caso alcance a vitória, além de quebrar uma escrita que incomoda há tempos, o Tricolor mantém vivas as chances de fechar a rodada na liderança do Brasileirão, algo que não acontece há 115 rodadas.

Confira os melhores momentos do último duelo entre Palmeiras e São Paulo no Allianz Parque:

Gazeta Esportiva

TAGS