Participamos do

Santos faz último treino em São Paulo antes de viajar para enfrentar o Ceará

Técnico Fábio Carille comanda atividade no CT Rei Pelé e deve escalar o Peixe com três zagueiros diante do Vovô, no próximo sábado, 18, no Castelão
14:09 | Set. 17, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Santos realizou na manhã desta sexta-feira o último treino em São Paulo antes de viajar para Fortaleza, onde enfrenta o Ceará, na noite de sábado. As atividades comandadas pelo técnico Fábio Carille encerraram a preparação do Peixe para o confronto.

O técnico Fábio Carille já divulgou a lista de relacionados e contará com a estreia o zagueiro uruguaio Emiliano Velázquez. O provável Santos que vai a campo contra o Ceará tem: João Paulo, Danilo Boza, Emiliano Velázquez e Wagner Palha; Pará, Camacho, Jean Mota e Felipe Jonatan; Marinho, Marcos Guilherme e Léo Baptistão.

O Peixe vem de oito jogos sem vitória e precisa dar uma resposta, pensando em se distanciar da zona de rebaixamento. Na última partida, a equipe perdeu para o Athletico-PR por 1 a 0 na Vila Belmiro e foi eliminada da Copa do Brasil.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Para o jogo contra o Ceará, o Santos não contará com Lucas Braga (suspenso), Carlos Sánchez (torção no tornozelo), Diego Tardelli (condicionamento físico) e Vinicius Balieiro (impasse com renovação de contrato). Luiz Felipe, Kaiky, Madson, Jhon, Jobson, Sandry, Robson e Kevin Malthus seguem de fora, no departamento médico.

O Santos enfrenta o Vozão no sábado, às 21 horas (de Brasília), na Arena Castelão. O jogo é válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Carille deve usar três zagueiros pela primeira vez na carreira

O técnico Fábio Carille deve usar um esquema tático com três zagueiros pela primeira vez na carreira "profissional". Em 2010, Carille foi interino antes de Tite assumir o Corinthians e escalou Chicão, William e Leandro Castán juntos. A partir daí, nunca optou pela linha de três no início de uma partida. Nenhuma vez desde que foi efetivado pelo Timão no fim de 2016.

No Peixe, Carille detectou a necessidade de um time mais compacto e esboçou a equipe na última quinta-feira com Danilo Boza na direita, Emiliano Velázquez centralizado e Wagner Palha na esquerda. Com essa formação, Pará e Felipe Jonatan foram os alas, Camacho e Jean Mota compuseram o meio-campo, Marinho e Marcos Guilherme as pontas e Léo Baptistão na referência.

Curiosamente, o Peixe também não tem um grande histórico com três zagueiros. A última vez foi em agosto de 2020, no segundo jogo de Cuca: o Alvinegro foi escalado com Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Luan Peres e perdeu por 2 a 0 para o Internacional, no Beira-Rio. Luiz sentiu um problema muscular aos 16 minutos e deu lugar a Kaio Jorge.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags