Choro, risos e domínio palmeirense marcam o 15º Troféu Mesa RedondaSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Choro, risos e domínio palmeirense marcam o 15º Troféu Mesa Redonda

O Palmeiras, campeão brasileiro de 2018, dominou a 15ª edição do Troféu Mesa Redonda, promovido pela TV Gazeta e levado ao ar na noite deste domingo. Ao todo, foram cinco alviverdes premiados, sendo Bruno Henrique eleito craque do campeonato e Luiz Felipe Scolari o melhor técnico. Vice-campeão, o Flamengo emplacou dois representantes na premiação. Assim [?]

22:30 | 09/12/2018

O Palmeiras, campeão brasileiro de 2018, dominou a 15ª edição do Troféu Mesa Redonda, promovido pela TV Gazeta e levado ao ar na noite deste domingo. Ao todo, foram cinco alviverdes premiados, sendo Bruno Henrique eleito craque do campeonato e Luiz Felipe Scolari o melhor técnico.

Vice-campeão, o Flamengo emplacou dois representantes na premiação. Assim como o Santos, décimo colocado. Já Grêmio (4º), São Paulo (5º) e Cruzeiro (8º) tiveram um atleta vencedor cada. No final, a seleção do torneio ficou assim: Vanderlei; Rodinei, Dedé, Pedro Geromel e Reinaldo; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Lucas Paquetá e Gabigol.

Para além da entrega de troféus, o evento ficou marcado por momentos de emoção e diversão. Bruno Henrique, por exemplo, chorou copiosamente ao receber o Troféu Gazeta Esportiva, de melhor jogador do Brasileirão. Dedé, que fez grande temporada após sofrer com seguidas lesões nos últimos anos, também não conteve as lágrimas.

?Vivi momentos difíceis, mas nada me abalou. Tentei num momento difícil estar bem, mostrar força, muitos falando besteira para mim, mas eu sempre tirando de letra, e deu certo, fiz um excelente ano e me senti muito bem?, celebrou o zagueiro, que recebeu o prêmio das mãos do ídolo Reinaldo, o ?Príncipe do Pagode?.

?Sempre quis conhecê-lo. Ele é um dos meus grandes ídolos. Ele entrou em contato comigo, e eu já fiquei emocionado. Este está sendo um dia ainda mais especial?, afirmou Dedé.

Marcado por seu estilo agressivo, Felipe Melo proporcionou o momento mais divertido da cerimônia. No palco, ao lado da esposa Roberta, o volante foi surpreendido pelo humorista Rudy Landucci, que apareceu uniformizado para imitá-lo. O camisa 30 deu risada e entrou na brincadeira.

Já o corintiano Emerson Sheik, convidado especial pela premiação, se virou para a plateia e brincou com os rivais. ?Parabéns, Felipão. A rivalidade fica fora de campo. Parabéns, presidente. É muito difícil, mas parabéns (risos)?.

Homenagens

Aposentado, Sheik foi homenageado pelo Troféu Mesa Redonda. Ao ser elogiado pelo técnico Tite, com quem trabalhou no Corinthians, ele se emocionou: ?É uma das pessoas mais corretas do esporte. Ele me deu bons conselhos, sabe da minha história, é um cara que vou levar para o resto da vida. Ele conseguiu, num curto período, me lapidar. Se sou um cara melhor foi por causa do Tite?.

Zé Roberto foi outro ex-jogador laureado no palco da premiação. Aposentado no fim de 2017, o assessor técnico do Palmeiras também se emocionou: ?Confesso que fui pego de surpresa, porque no Brasil se homenageia mais quando a pessoa morre. Tenho que agradecer a vocês?.

Homenageado pelo rapper Projota, o atacante Rodrygo, do Santos, foi eleito o jogador revelação do Campeonato Brasileiro. Ele vai trocar o Peixe pelo futebol espanhol a partir de julho de 2019.

?É uma pena, mas tenho de tomar decisões importantes na carreira. Acho que foi o melhor para minha carreira. Se você faz um bom trabalho, como fiz no começo do ano, chega uma proposta do Real Madrid. Como tinha o sonho de jogar pelo clube, ficou difícil de ficar?, explicou o jovem de 17 anos.

A Rainha Hortência também recebeu um troféu. Em setembro, ela foi eleita pela Federação Internacional de Basquetebol (Fiba) a melhor jogadora de todos os tempos dos Mundiais. Além de ser campeã do torneio com a Seleção Brasileira, em 1994, na Austrália, Hortência entrou para o Hall da Fama da modalidade, em 2005.

Gazeta Esportiva

TAGS