Presidente do Santos vê dilema por Bambu: ?Multa é grande?Santos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Presidente do Santos vê dilema por Bambu: ?Multa é grande?

O Santos não vai desistir de ter Robson Bambu ? ou ao menos lucrar com a saída dele. O zagueiro tem um pré-contrato com o Atlético-PR e recusou a proposta de renovação do Peixe. O vínculo atual vence no dia 10 de novembro. O presidente José Carlos Peres vê um dilema: o Alvinegro busca o [?]

13:00 | 17/10/2018

O Santos não vai desistir de ter Robson Bambu ? ou ao menos lucrar com a saída dele. O zagueiro tem um pré-contrato com o Atlético-PR e recusou a proposta de renovação do Peixe. O vínculo atual vence no dia 10 de novembro.

O presidente José Carlos Peres vê um dilema: o Alvinegro busca o possível direito de prioridade na renovação junto à CBF, enquanto há uma multa grande para romper o pré-contrato.

?Fizemos várias propostas desde fevereiro e março, tentamos renovar com o empresário carioca. Ele era reserva, mas queríamos renovar. Com a chegada do Cuca, teve oportunidade, jogou bem e temos a preferência porque fizemos um contrato profissional. Se igualarmos os valores (do Atlético-PR), temos preferência de acordo com a Lei Pelé. Tem uma multa. Empresário assinou o pré-contrato e a multa é grande. Eles estão em um dilema. Comunicamos a CBF sobre a preferência. Eles alegam que o primeiro contrato teve um novo acerto de salário e prorrogação de seis meses, mas não é segundo contrato, já alertamos a CBF. Direito é nosso de preferência?, explicou Peres, durante reunião do Conselho na noite desta terça-feira, na Vila Belmiro.

?Bambu está há 10 anos no clube, negociamos desde fevereiro e sempre aquela questão: ter outros planos. Empresário do Rio de Janeiro? Trabalhamos para renovar, oferecemos 5x mais do que ganha, já foi exagerado. A questão toda é que o jogador quer ficar, mas é óbvio que vai escutar empresário. Só que temos direito de preferência e vamos brigar por isso?, completou.

Depois de discutir com seus representantes, o defensor de 20 anos manifestou a vontade de confirmar o acerto com o Furacão, mesmo que o Santos tenha feito uma oferta recente, em setembro, de R$ 70 mil por mês por três temporadas.

O Peixe não tem vitória certa nos tribunais. Já houve prorrogação de prazo e aumento no primeiro contrato profissional. Dessa forma, a prioridade pode não existir mais se o entendimento das autoridades for de um segundo acordo assinado.

Bambu está recuperado de lesão na coxa direita e pode não ser mais utilizado por conta do impasse contratual. A próxima partida do Santos será contra o Internacional, segunda-feira, em Porto Alegre, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A última partida do zagueiro foi, curiosamente, contra o Atlético-PR, com quem tem pré-contrato, no dia 30 de setembro, em vitória por 1 a 0 na Vila Belmiro.

Gazeta Esportiva

TAGS