Internacional x Santos tem discussão acalorada entre árbitro e dirigenteSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Internacional x Santos tem discussão acalorada entre árbitro e dirigente

A polêmica de arbitragem no empate entre Internacional e Santos, na noite da última segunda-feira, no Beira-Rio, não ficou só dentro de campo. Na saída para os vestiários, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro e o gerente executivo do Internacional, Rodrigo Caetano, protagonizaram uma discussão acalorada que precisou ser contida pelos que ali estavam. No registro [?]

10:15 | 23/10/2018

A polêmica de arbitragem no empate entre Internacional e Santos, na noite da última segunda-feira, no Beira-Rio, não ficou só dentro de campo. Na saída para os vestiários, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro e o gerente executivo do Internacional, Rodrigo Caetano, protagonizaram uma discussão acalorada que precisou ser contida pelos que ali estavam.

No registro da confusão, é possível ver Ricardo Marques muito exaltado, precisando ser segurado pelos seus auxiliares, enquanto alguns policiais observam a cena. Rodrigo Caetano não aparece no vídeo, mas na súmula, o árbitro relata a discussão e cita o nome do dirigente.

?Relato que após o término da partida, quando o sexteto de arbitragem se dirigia para o vestiário e passando pela zona mista, fomos abordados pelo sr. Rodrigo Vilaverde Caetano, gerente executivo de futebol do S.C. Internacional, que proferiu, em tom agressivo, as seguintes palavras: ?Vocês vão parar por que? Vocês decidiram o campeonato, erraram feio, seu safado, absurdo o que vocês fizeram aqui hoje'?, relata.

Ricardo Marques relata ainda que Caetano levantou uma muleta na direção dos árbitros, e descreve qual foi a sua reação.

?Informo mais que o sr. Rodrigo Caetano portava um par de muletas e ao proferir tais palavras levantou uma delas em nossa direção. Relato também que após o sr. Rodrigo Caetano proferir as referidas palavras contra a arbitragem, eu, Ricardo Marques Ribeiro, árbitro da partida, respondi em alto e bom som e repetidas vezes, com as seguintes palavras: ?Você me respeita, respeite a minha instituição. Eu nunca faltei com respeito a você. Eu exijo respeito, por favor, respeito'?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS