Assessoria de Neymar diz que julgamento do jogador por fraude é "nulo"Santos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Assessoria de Neymar diz que julgamento do jogador por fraude é "nulo"

Neymar será julgado na Espanha pelos crimes de corrupção e fraude na transferência do jogador do Santos para o Barcelona, em 2013.

18:30 | 31/10/2018
NULL
NULL

[FOTO1] Neymar será julgado na Espanha pelos crimes de corrupção e fraude na transferência do jogador do Santos para o Barcelona, em 2013. O camisa 10 do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira pode pegar até seis anos de prisão. Também serão julgados o pai de Neymar, Sandro Rosell, presidente do Barcelona na época, e o fundo brasileiro DIS, que tinha 40% dos direitos federativos do jogador.

Segundo publicação do jornal espanhol La Vanguardia na manhã desta quarta-feira, o julgamento será feito por um tribunal composto por três juízes por determinação do juiz José María Vázquez Honrubia, que será um dos encarregados do julgamento. Antes, a defesa de Neymar havia tentado impedir que a justiça espanhola julgasse o caso.

Em nota divulgada à imprensa na tarde desta quarta-feira, a assessoria de Neymar disse que a decisão de José María Vázquez Honrubia reforça a argumentação da defesa do jogador e que os julgamentos dessa corte não podem ter validade.

1. Ao se declarar incompetente para julgar o caso, o juiz Jose María Vázquez Honrubia, reforça o pedido que foi negado à defesa do atleta Neymar Jr. que contestava competência desta corte em julgar o caso. Consequentemente todos pedidos e atos praticados por essa corte tornam-se nulos.

2. Conclusão: Fica claramente demonstrado que a Espanha não tem jurisdição para julgar a demanda da DIS.


Gazeta Esportiva

TAGS