Veja o que Cuca pretende treinar na primeira semana livre no SantosSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO 

PUBLICIDADE
Esportes


Veja o que Cuca pretende treinar na primeira semana livre no Santos

Cuca comandou o primeiro treino pelo Santos no dia 31 de julho. E, 12 jogos depois, o técnico terá a primeira semana livre antes de enfrentar o São Paulo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com dois jogos por semana, o treinador priorizou a conversa [?]

06:15 | 10/09/2018

Cuca comandou o primeiro treino pelo Santos no dia 31 de julho. E, 12 jogos depois, o técnico terá a primeira semana livre antes de enfrentar o São Paulo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com dois jogos por semana, o treinador priorizou a conversa e a apresentação de vídeos, com poucos trabalhos táticos. Agora, o Peixe terá atividade regenerativa nesta segunda, folga na terça e quatro movimentações em campo antes do clássico de quarta a sábado.

A comissão técnica pretende trabalhar ao menos cinco situações específicas nesta semana. Veja abaixo:

  • JOGADAS ENSAIADAS

Cuca é fã de desenhar lances em faltas e escanteios, mas organizou poucos desde a chegada. E, além do ataque, a ideia do técnico é melhorar o posicionamento defensivo para os cruzamentos e saída rápida nos contra-ataques.

  • LATERAL NA ÁREA

O arremesso como uma espécie de escanteio foi arma de Cuca no Palmeiras e a ideia é repeti-lo no Santos. O lateral-esquerdo Dodô é um dos candidatos. No rival, Moisés era o encarregado.

  • ?FACÕES?

A comissão técnica quer criar novas movimentações em diagonal para os atacantes e insistir em triangulações pelos lados do campo. O objetivo é ter até quatro jogadores pelas pontas com a posse de bola: o lateral, um volante/meia, o ponta e o centroavante.

  • VERTICALIDADE

O Santos tem moldado estratégias de acordo com o adversário, mas, em linhas gerais, a intenção é manter a posse e controlar o jogo. Diferentemente do primeiro tempo contra o Paraná, por exemplo, o Peixe quer ter a bola, porém, com toques objetivos e viradas de jogo rápidas, situações que podem ser praticadas em treinos táticos.

  • MAIS CHUTES

Cuca gosta de trabalhar finalizações com atividades que simulam o jogo, na saída desde a defesa, tabelas pelas pontas e cruzamentos ou passes antes do arremate. Além dessa movimentação, o técnico irá estimular os chutes de fora da área, fundamento pouco visto no time e fundamental diante de equipes fechadas na defesa.

Gazeta Esportiva

TAGS