Sánchez não abdica de seleção uruguaia e defende Bryan Ruiz no SantosSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Sánchez não abdica de seleção uruguaia e defende Bryan Ruiz no Santos

Carlos Sánchez não quer abrir mão de amistosos na seleção uruguaia para atuar no Campeonato Brasileiro pelo Santos. Dessa forma, o meia deve ser desfalque contra o Corinthians, no dia 13, pelo Pacaembu. Sánchez está na pré-lista para jogos contra Coreia do Sul e Japão nos dias 12 e 16, respectivamente. ?É próprio do jogador, [?]

17:30 | 28/09/2018

Carlos Sánchez não quer abrir mão de amistosos na seleção uruguaia para atuar no Campeonato Brasileiro pelo Santos. Dessa forma, o meia deve ser desfalque contra o Corinthians, no dia 13, pelo Pacaembu.

Sánchez está na pré-lista para jogos contra Coreia do Sul e Japão nos dias 12 e 16, respectivamente.

?É próprio do jogador, as decisões podem causar muito conflito, mas sempre quero estar quando convocado, é lindo jogar pela seleção, com gente de alto nível. Isso depende de como a seleção ache sobre eu viajar ou não. Quero jogar e que tomemos uma solução boa para todos. A lista não está definida, e tomara que eu continue jogando aqui para ser convocado. Que eu continue bem e seleção é um prêmio. Seria um privilégio ir?, disse Sánchez, em entrevista coletiva.

No papo com os jornalistas, Carlos Sánchez ainda defendeu Bryan Ruiz. O uruguaio quer ver o costarriquenho com mais minutos em campo.

?Com confiança e minutos, vai ser quem todos conhecem. Esperamos ajudá-lo. Para ele é algo novo, a gente se apoia e que ele possa render da melhor forma. Joga uma vez, outra não, às vezes é difícil jogar o que pode em 10, 20 minutos, difícil demonstrar em pouco tempo em campo. Com pouco de confiança vai mostrar o jogador que é?, analisou Sánchez.

Sánchez é titular absoluto com Cuca. Após 50 dias da estreia, Bryan Ruiz decepciona e não convence comissão técnica e torcedor. 

Gazeta Esportiva

TAGS