Peres confia em urnas em SP e reclama de ordem de votação no SantosSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Peres confia em urnas em SP e reclama de ordem de votação no Santos

José Carlos Peres, ainda confia em votação com urnas em São Paulo, na Federação Paulista de Futebol e/ou no Business Center, na assembleia de associados para definição da permanência ou impeachment do presidente do Santos.  O Conselho Deliberativo anunciou urnas só em Santos, na Vila Belmiro, por ?força do estatuto?. O Peixe, inclusive, divulgou transporte [?]

06:15 | 22/09/2018

José Carlos Peres, ainda confia em votação com urnas em São Paulo, na Federação Paulista de Futebol e/ou no Business Center, na assembleia de associados para definição da permanência ou impeachment do presidente do Santos. 

O Conselho Deliberativo anunciou urnas só em Santos, na Vila Belmiro, por ?força do estatuto?. O Peixe, inclusive, divulgou transporte para sócios entre a capital e a Baixada Santista.

?Sim, acredito que terá urnas em São Paulo. Quatro advogados entraram com esse pedido e vamos levar para o Conselho. O pessoal acha que como eu fui bem votado lá, seria prejudicado com urnas só em Santos?, disse o presidente, à Gazeta Esportiva.

Outra preocupação de Peres é a ordem da votação. O Conselho também anunciou ordenação alfabética, misturando associados antigos com os mais recentes. Na eleição para presidência em dezembro de 2017, a organização foi por filiação.

O presidente gostaria de separar os sócios mais recentes, deixando mais fácil a identificação de eleitores suspeitos. 

?São decisões estranhas, primeiro a desobediência do estatuto na votação do Conselho, onde o quociente dos 2/3 estava sendo extraído com os 248 presentes na lista e, quando perceberam que passamos, mudaram para os votantes. Depois urnas só na Vila, esquecendo-se dos sócios em São Paulo. E, por fim, as urnas em ordem alfabética, esquecendo-se da existência de 500 sócios suspeitos. Um desastre a cada decisão, perdendo prestígio em Santos e São Paulo. Eles pensam que são donos da cidade e do Santos. Eu me tornei pedrinhas nos sapatos deles?, completou.

Peres registrou um boletim de ocorrência por conta dessa fraude na manhã desta sexta-feira. O presidente pediu a abertura de um inquérito policial para averiguar os fatos.

Diante desse cenário, a regularização dos inadimplentes na secretaria social da Vila Belmiro ou do Business Center, permitida até domingo às 21h, só será feita pelo titular da conta e com o pagamento no cartão de crédito ou débito, sem a quitação de débitos para terceiros.

Gazeta Esportiva

TAGS