Sem dinheiro de Rodrygo, Santos tem grande prejuízo no primeiro semestreSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Sem dinheiro de Rodrygo, Santos tem grande prejuízo no primeiro semestre

O Santos teve um prejuízo de R$ 44.310.094,55 no primeiro semestre da gestão de José Carlos Peres. A previsão era de lucro de R$ 30.367.861,61 A justificativa da diferença está na não contabilização do dinheiro da venda de Rodrygo ao Real Madrid. A primeira parcela, de 20 milhões de euros (R$ 95 mi), foi transferida no [?]

15:15 | 27/08/2018

O Santos teve um prejuízo de R$ 44.310.094,55 no primeiro semestre da gestão de José Carlos Peres. A previsão era de lucro de R$ 30.367.861,61

A justificativa da diferença está na não contabilização do dinheiro da venda de Rodrygo ao Real Madrid. A primeira parcela, de 20 milhões de euros (R$ 95 mi), foi transferida no fim de julho e será contabilizada no terceiro trimestre. O segundo pagamento, de 25 milhões de euros (R$ 120 mi), será feito em julho de 2019, na apresentação do atacante na Espanha.

Mesmo sem poder contar com a venda de Rodrygo no relatório, o Conselho Fiscal lamentou a falta de austeridade da gestão. O parecer será apresentado em reunião do Conselho Deliberativo na próxima quinta-feira, na Vila Belmiro.

?O Conselho Fiscal esperava resultados melhores e perspectivas mais favoráveis. Mesmo que não imediatas, deveriam começar a refletir nesse semestre, porém, foram mínimas as melhorias e consideramos pequenas as perspectivas de melhora?, diz o CF, em nota.

Gazeta Esportiva

TAGS