Santos x Cruzeiro marca primeiro uso do VAR em competição nacionalSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO 

PUBLICIDADE
Esportes


Santos x Cruzeiro marca primeiro uso do VAR em competição nacional

A derrota do Santos, nesta quarta-feira, diante do Cruzeiro, entrou para a história do futebol brasileiro. Isso porque, pela primeira vez, o recurso do VAR (video assistant referee ? assistente de árbitro de vídeo, traduzido do inglês) foi utilizado em uma competição de nível nacional. Aos 21 minutos do segundo tempo, o árbitro Wilton Pereira [?]

22:15 | 01/08/2018

A derrota do Santos, nesta quarta-feira, diante do Cruzeiro, entrou para a história do futebol brasileiro. Isso porque, pela primeira vez, o recurso do VAR (video assistant referee ? assistente de árbitro de vídeo, traduzido do inglês) foi utilizado em uma competição de nível nacional.

Aos 21 minutos do segundo tempo, o árbitro Wilton Pereira Sampaio consultou o vídeo e, 27 segundos depois, soube por meio do ponto eletrônico que Dedé não cometeu pênalti em Gabigol. As equipes duelaram na Vila Belmiro pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

França usará VAR a partir de 10 de agosto

Conmebol confirma VAR a partir das quartas da Libertadores

É importante ressaltar que a tecnologia já havia sido usada no Brasil. Porém, anteriormente, o VAR só entrou em ação em disputas regionais.

Em 2017, o Campeonato Pernambucano foi decidido por meio do auxílio do vídeo. O Sport vencia o Salgueiro por 1 a 0 e ia garantindo o título do estadual, porém, Álvaro marcou para o Salgueiro e deixou tudo igual. Entretanto, a arbitragem consultou o VAR e optou por anular o gol, decretando assim a conquista em favor do Leão da Ilha do Retiro.

No Campeonato Gaúcho, a tecnologia ficou disponível justamente no Gre-Nal 413, durante a primeira fase da competição. Entretanto, o juiz do confronto não chegou a consultar o recurso. Situação igual aconteceu na decisão do Catarinense deste ano, entre Chapecoense e Figueirense.

Gazeta Esportiva

TAGS