Carlos Sánchez diz que estava ?limpo? para jogar pelo Santos contra o IndependienteSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Carlos Sánchez diz que estava ?limpo? para jogar pelo Santos contra o Independiente

Carlos Sánchez diz que estava limpo para atuar pelo Santos no empate em 0 a 0 com o Independiente na última terça-feira, em Avellaneda, pela ida das oitavas de final da Libertadores da América. Sua escalação é investigada pela Conmebol. ?Na Conmebol, nunca saiu que eu estava suspenso por três jogos. E a Conmebol limpou [?]

15:45 | 22/08/2018

Carlos Sánchez diz que estava limpo para atuar pelo Santos no empate em 0 a 0 com o Independiente na última terça-feira, em Avellaneda, pela ida das oitavas de final da Libertadores da América. Sua escalação é investigada pela Conmebol.

?Na Conmebol, nunca saiu que eu estava suspenso por três jogos. E a Conmebol limpou tudo em 2016. Eu e outros jogadores tínhamos alguns jogos para cumprir, mas isso foi reduzido para um. E caducou em 2017. Então eu estava limpo?, disse Sánchez, à Gazeta Esportiva.

O uruguaio se baseia em dois fatores: a anistia concedida pela Conmebol em 2016, ano do centenário, diminuindo as suspensões pela metade. E o artigo 9 do regulamento disciplinatório da confederação: ?O prazo de prescrição das infrações é de: dois anos no caso de infrações cometidas durante uma partida. As demais prescrevem, em geral, aos dez anos?. 

A Conmebol emitiu um comunicado nesta quarta-feira informando sobre a investigação. Sánchez foi suspenso por três partidas em 2015, pelo River Plate, por ter agredido a um gandula contra o Huracán, em novembro, pela semifinal da Sul-Americana. O uruguaio não disputou outras partidas da Conmebol desde então.

?Não há risco. A torcida pode ficar tranquila. O Sistema COMET, da Conmebol, informa a baixa no cumprimento de sanções disciplinares ao Carlos Sánchez desde 24 de maio de 2018. É o único sistema oficial e eletrônico da Conmebol?, disse Rodrigo Gama Monteiro, gerente jurídico do Santos, à Gazeta Esportiva. 

A decisão por uma vaga nas quartas de final da Libertadores será na próxima terça-feira, no Pacaembu. Se não for punido, o Santos pode avançar com uma vitória simples. Empate com gols classificaria o Independiente, enquanto um novo 0 a 0 levaria a eliminatória para os pênaltis.

Gazeta Esportiva

TAGS