PUBLICIDADE
Esportes

Santos relata ?chapéu? no Palmeiras por Sánchez; presidente pede desculpa

O presidente do Santos, José Carlos Peres, e o executivo de futebol Ricardo Gomes confirmaram um ?chapéu? no Palmeiras pela contratação de Carlos Sánchez, como publicado na noite desta terça-feira pela Gazeta Esportiva.  Peres agradeceu ao jogador por cumprir a sua palavra e pediu desculpa, em tom irônico, para o rival. Ricardo adotou tom mais [?]

14:15 | 18/07/2018

O presidente do Santos, José Carlos Peres, e o executivo de futebol Ricardo Gomes confirmaram um ?chapéu? no Palmeiras pela contratação de Carlos Sánchez, como publicado na noite desta terça-feira pela Gazeta Esportiva. 

Peres agradeceu ao jogador por cumprir a sua palavra e pediu desculpa, em tom irônico, para o rival. Ricardo adotou tom mais cauteloso e comemorou a ?vitória?.

?Foi uma das dificuldades. Toda vez que vaza nome já dificulta. Os caras são negociadores e sabem que estão direcionados e vão se aproveitar. Esse fator dificulta. Prolonga, fica chata? Palmeiras fez proposta, isso ocorreu, foi muito grande, e aqui quero enaltecer jogador e empresário. Jogador foi consciente do que vínhamos combinando. Ele entendeu que era melhor vestir a camisa do Santos em uma posição carente. Santos é Santos, desculpa. Na dúvida, jogador vem para o clube. Jogador importante, de passagem boa pelo River Plate e uma excelente pelo Monterrey. Três anos de contrato é período para desenvolver regularmente?, disse Peres, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, na Vila Belmiro.

?Estou chegando agora, participei, mas esse questionamento do Palmeiras eu não sei sobre o que aconteceu entre Palmeiras e Monterrey, pode ter tido duas negociações paralelas. Jogador e Monterrey escolheram o Santos. Não vou ficar reclamando do comportamento do Palmeiras. O mais importante será a vitória e será amanhã também?, emendou Ricardo Gomes.

O alvinegro ?driblou? o interesse do Palmeiras para contratar o meia de 33 anos. O rival ofereceu mais do que o Peixe há alguns dias, mas a oferta passou do prazo de validade. Depois de chutar alto e atrair o jogador, a proposta santista foi diminuída e houve o acerto após longas conversas com o agente.

Os salários e luvas pela assinatura do acordo não foram revelados, mas o Santos afirma que são semelhantes aos moldes de Bryan Ruiz, anunciado na semana passada ? cerca de R$ 350 mil por mês e pouco mais de R$ 2 milhões para o atleta e seus representantes.

O Peixe convenceu o Monterrey-MEX com 1 milhão de dólares (R$ 3,7 mi) e recebeu a prioridade em caso de outras propostas. A relação entre as diretorias se estreitou após o amistoso, vencido pelos mexicanos por 1 a 0, no último dia 7, no Estádio BBVA Bancomer.

Liberado da pré-temporada com o Monterrey, Sánchez está de férias no México depois de ser quinto colocado da Copa do Mundo da Rússia com o Uruguai. Ele virá ao Brasil na semana que vem para exames médicos.

Sánchez é polivalente. Segundo volante de origem, ele tem facilidade de atuar aberto pelo lado direito do ataque. Ele é destro, tem 1,70 m de altura e foi campeão da Libertadores pelo River Plate-ARG em 2015. O atleta ainda passou por Aragua-VEN, Godoy Cruz-ARG  e Puebla-MEX.

Gazeta Esportiva

TAGS