PUBLICIDADE
Esportes

Carta ao Dínamo e homenagem póstuma: Derlis ?faz força? para jogar no Santos

O Santos conta com o desejo do atacante Derlis González pela conclusão do empréstimo junto ao Dínamo de Kiev-UCR. A negociação esfriou nos últimos dias, como explicou o presidente José Carlos Peres.  O paraguaio está no Brasil desde quinta-feira e tem a vontade de atuar pelo Peixe. A diretoria alvinegra busca diminuir a pedida salarial [?]

06:15 | 24/07/2018

O Santos conta com o desejo do atacante Derlis González pela conclusão do empréstimo junto ao Dínamo de Kiev-UCR. A negociação esfriou nos últimos dias, como explicou o presidente José Carlos Peres. 

O paraguaio está no Brasil desde quinta-feira e tem a vontade de atuar pelo Peixe. A diretoria alvinegra busca diminuir a pedida salarial e não quer pagar as mesmas bonificações do contrato com o Dínamo. As conversas foram dificultadas primeiramente pelo acerto com Carlos Sánchez e depois com a demissão do técnico Jair Ventura.

Para facilitar a liberação do Dínamo de Kiev, Derlis pediu para sair e enviou uma carta ao clube. E em meio a sondagens do Boca Juniors-ARG e Pachuca-MEX, a prioridade ao Santos vem de uma série de fatores:

Copa América

Derlis González entende que atuar no Brasil, sede da competição continental em 2019, pode mantê-lo convocado e titular da seleção paraguaia. O atacante ainda entende que seu estilo de jogo, rápido e driblador, casa com as características santistas.

Conselho dos amigos

O zagueiro Balbuena, ex-Corinthians e hoje no West Ham-ING, e o atacante Romero, do Timão, são amigos de Derlis e companheiros na seleção. A dupla encorajou Derlis a atuar no futebol brasileiro.

Homenagem ao tio

Manuel Irrazábal, tio de Derlis, faleceu aos 44 anos na partida entre Paraguai e Brasil, pela Copa América de 2015, em Concepción. O atacante, então no Basel-SUI, fez o gol do empate em 1 a 1 no tempo normal e converteu o pênalti decisivo da classificação para a semifinal.

Depois da comemoração, veio a tristeza. Sua esposa comunicou a morte do tio após um infarto cerebral pela queda durante a comemoração do gol decisivo de Derlis González.

?Tio, por que hoje, tio? Por que você me deixou por um infarto, tio? Por te dar uma alegria e você vai com tanta felicidade? Não posso acreditar?, escreveu Derlis em seu Twitter, à época.

Manuel era um dos incentivadores da carreira de Derlis González e fã de Pelé. A vinda ao Santos representaria uma homenagem póstuma do atacante.

Gazeta Esportiva

TAGS