PUBLICIDADE
Esportes

Buscando reação, Santos precisa superar retrospecto ruim em Chapecó

Após empatar com o Palmeiras no clássico do meio de semana, que marcou a retomada do Campeonato Brasileiro após a Copa do Mundo, o Santos volta a campo neste domingo para encarar a Chapecoense. Com 14 pontos conquistados e na 15ª colocação, o Peixe precisa da vitória, mesmo sendo fora de casa, para iniciar a [?]

09:15 | 22/07/2018

Após empatar com o Palmeiras no clássico do meio de semana, que marcou a retomada do Campeonato Brasileiro após a Copa do Mundo, o Santos volta a campo neste domingo para encarar a Chapecoense. Com 14 pontos conquistados e na 15ª colocação, o Peixe precisa da vitória, mesmo sendo fora de casa, para iniciar a reação na competição nacional.

No geral, o retrospecto do alvinegro praiano contra a Chape é positivo. De acordo com dados do Centro de Memória do clube, em oito jogos, todos pelo Brasileirão, o Santos venceu cinco, empatou um e perdeu apenas dois jogos, marcando 12 gols e sofrendo cinco.

No entanto, o histórico em Chapecó não é tão bom. São quatro jogos no total com apenas uma vitória alvinegra, um empate e duas derrotas, além de ter sofrido quatro gols e anotado apenas dois. Além disso, a Chapecoense está invicta em casa neste Brasileirão, com três vitórias e três empates na Arena Condá.

O último confronto entre os times foi justamente em Santa Catarina e aconteceu em novembro do ano passado. Na ocasião, o Verdão do Oeste saiu vitorioso pelo placar de 2 a 0, o que deixou o Santos mais distante da ponta da tabela e praticamento sem chance de título.

Para o duelo deste domingo, Jair Ventura poderá contar com Diego Pituca retornando de suspensão, cumprida diante do Palmeiras. Alison é desfalque certo por causa do terceiro cartão amarelo e Rodrygo, com uma contusão no joelho direito, é dúvida. Mais novos reforços, Carlos Sánchez e Bryan Ruiz ainda não estão disponíveis.

A bola rola às 19h (de Brasília), na Arena Condá, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva