PUBLICIDADE
Esportes

Santos se aproxima de diretor, mas ainda terá presidente negociador

O Santos está mais perto de voltar a ter um executivo de futebol. Ricardo Gomes, uma unanimidade entre os diretores, se reunirá com o presidente José Carlos Peres para discutir o contrato. O treinador, gestor em uma passagem pelo Vasco, vê com bons olhos a liderança do departamento de futebol do Peixe. O último diretor [?]

08:15 | 17/06/2018

O Santos está mais perto de voltar a ter um executivo de futebol. Ricardo Gomes, uma unanimidade entre os diretores, se reunirá com o presidente José Carlos Peres para discutir o contrato. O treinador, gestor em uma passagem pelo Vasco, vê com bons olhos a liderança do departamento de futebol do Peixe.

O último diretor do alvinegro foi Gustavo Vieira, demitido após menos de dois meses. O profissional tinha carta branca para negociar e centralizava a busca por reforços. Com Ricardo Gomes, seria diferente. O presidente Peres seguiria participando das conversas em busca de contratações.

A ideia é dividir esse trabalho com Ricardo e contar com sua experiência e rede de contatos. Jogador de sucesso e técnico de equipes como São Paulo, Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco, o executivo ajudaria dentro e fora do Brasil. O planejamento ainda inclui participação nas categorias de base.

Peres ganhou moral internamente depois da negociação pela venda de Rodrygo ao Real Madrid-ESP. O presidente bateu o pé e conseguiu 40 milhões de euros limpos (R$ 173 mi) após tratar com o clube espanhol numa cafeteria em Liverpool, na Inglaterra, durante experiência como chefe de delegação da seleção brasileira.

Atualmente, o departamento de futebol tem William Machado como gerente técnico, Sérgio Dimas como gerente administrativo e Diogo Castro como coordenador.

Gazeta Esportiva

TAGS