Procurado pelo Lyon por Veríssimo, presidente do Santos diz: ?Pressão não funciona?Santos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Procurado pelo Lyon por Veríssimo, presidente do Santos diz: ?Pressão não funciona?

Os empresários de Lucas Veríssimo e um representante do Torino reclamaram da demora do Santos em responder ao interesse do clube italiano. E o presidente responde: não há pressa. Procurado pelo Lyon-FRA, que prometeu uma proposta até quarta-feira, José Carlos Peres quer aguardar pelo maior valor. Os agentes do zagueiro afirmam que a proposta de [?]

14:45 | 30/06/2018

Os empresários de Lucas Veríssimo e um representante do Torino reclamaram da demora do Santos em responder ao interesse do clube italiano. E o presidente responde: não há pressa.

Procurado pelo Lyon-FRA, que prometeu uma proposta até quarta-feira, José Carlos Peres quer aguardar pelo maior valor. Os agentes do zagueiro afirmam que a proposta de 10 milhões de euros (R$ 45,3 mi) do Torino tem validade até segunda-feira. A diretoria do Peixe alega que nada oficial chegou e que há apenas um pedido de assinatura de uma carta mostrando o valor que o clube pretende receber.

?Já disse a eles (empresários) que o Santos não tem pressa, vai vender pela melhor proposta. E ninguém pautará o clube, muito menos empresários intermediários! Vamos vender no melhor preço e no nosso tempo, portanto, pressão não funciona?, disse o presidente do Santos, em contato com a Gazeta Esportiva. 

Diferentemente do alvinegro, o Torino tem pressa já que a pré-temporada europeia começou e o time sente a falta de um defensor. Peres, porém, acredita que o Lyon pode oferecer mais do que os 10 milhões de euros durante a semana. O Olympique, também da França, foi outra equipe a demonstrar interesse.

O presidente Peres disse à imprensa que esperava 10 milhões de euros para liberar Veríssimo, só que há um porém. Ele quer ? 9 milhões (R$ 40,7 mi) pelos 80% dos direitos econômicos do Peixe. Dessa forma, o jogador (10%) e seus empresários Marcos Ribeiro e Aparecido Inácio (5% cada) precisariam de acordo para dividir 1 milhão de euros (R$ 4,53 mi).

Lucas Veríssimo quase deixou o alvinegro no começo do ano, para o Spartak Moscou-RUS, mas um desacerto entre empresários inviabilizou a transação de 7,5 milhões de euros (R$ 32 mi, à época). Agora, há a expectativa pela venda com no mínimo 2,5 milhões de euros a mais.

O Santos vê Veríssimo como forma de aliviar os cofres e não sofrer tanto tecnicamente, já que o elenco do técnico Jair Ventura conta com David Braz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Robson Bambu à disposição. O Peixe ainda aposta em garotos da base, como Jackson Porozo, e do sub-23, casos de Gabriel e Thiago.

Gazeta Esportiva

TAGS